Conselhos para escolher o que comer e onde comer

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Nem todos têm a sorte de viajar com um orçamento que permita sentar-se à mesa dos melhores restaurantes do destino escolhido para a sua viagem. É por isso que muitos viajantes devem prestar especial atenção e saber o que comer e onde comer.

A questão nem diz respeito apenas às questões económicas, mas também de sanitárias, pois muitas vezes não se sabe o que se come, nem quais são as condições higiénicas do estabelecimento.

Assim, elaborámos uma lista com conselhos a seguir quando tiver de escolher onde comer quando viaja, de uma forma segura, saudável e mais barata:

  • Perguntar aos locais é sempre uma boa ideia. São eles que conhecem melhor que ninguém a oferta gastronómica local e que podem recomendar os locais mais económicos e com as melhores ofertas, de forma a experimentar as especialidades locais sem perigo.
  • Obviamente perguntar aos habitantes locais significa deixar de lado o guia turístico, pois muitas vezes eles têm acordos com certos restaurantes, dos quais recebem uma percentagem por cada cliente. Geralmente quando de viaja em excursões cai-se neste “logro”. Tente informar-se com os locais e saiba onde melhor comer e volte a reunir-se com o grupo à hora acordada.
  • Evite os locais mais turísticos. Existem zonas meramente turísticas dentro dos destinos. Zonas preparadas para os turistas que têm uma grande oferta gastronómica, mas obviamente deve saber que nessas zonas também terá que pagar muito mais pelas refeições ali servidas.
  • Procure comer nos sítios onde os locais também vão. Olhe, caminhe um pouco e observe. Desta forma dar-se-há conta dos lugares escolhidos pelos habitantes locais para comer. Seguramente que os preços serão mais acessíveis e a comida de melhor qualidade. Uma boa opção são os centros financeiros onde os empregados das empresas almoçam diariamente. Aí irá encontrar as melhores promoções com bebidas e sobremesas incluídos.
  • Evite as cadeias de restaurantes internacionais de fast food. Se tem a ideia de que os menus são mais baratos, isso é um erro. Normalmente é comida sem grande qualidade e também cara.
  • Muito cuidado também com aqueles pontos de venda de comida nas ruas. Podem ser tentadores, mas as condições de higiene não estão asseguradas e ninguém quer ficar doente durante uma viagem.
  • Por vezes é melhor uma visita a um supermercado. Além de ser uma experiência recomendável explorar os supermercados estrangeiros, é também uma boa opção para escolher alguma coisa para comer. Faça as suas próprias sandes, coma fruta e verduras e aproveite para comprar mais coisas para o resto da viagem. Outra possibilidade são os mercados ao ar livre onde os locais fazem as sua próprias compras de produtos frescos e da zona.
  • Se pretende viajar pesquise um pouco antes de ir para o destino escolhido. Existem websites e blogues que falarão certamente desse local, e porque não, descarregue aplicações com conselhos para o seu telemóvel.

Estes são alguns dos nossos conselhos. E você, graças às suas experiências de viagem, que recomendações sugere para ir comer num sitio que não conhece?

Foto: tiny_packages no Flickr

Deixe o seu comentário