Conselhos para viajar sozinho

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

viajar sozinhoViajar sozinho não é apenas uma das várias possibilidades de viajar, como ainda se tem vindo a tornar uma tendência, havendo mesmo um nicho de mercado com serviços adaptados a este grupo de pessoais interessadas em viajar por sua conta e risco.

É mais divertido viajar com a esposa/o, família, amigos ou mesmo com um grupo de pessoas conhecidas ou mesmo desconhecidas. Mas não vamos negar que viajar sozinho é uma ideia atraente e, sobretudo, uma experiência enriquecedora a nível de crescimento pessoal, tendo em conta que nos obriga a relacionar-nos com pessoas estranhas e a “desenrascar-nos” sem qualquer apoio a não ser nós próprios.

No entanto, nem tudo o que reluz é ouro, e ao enriquecimento que esta experiência nos dá, há que acrescentar um pouco de complexidade, sobretudo quando viajamos sozinhos pela primeira vez.

É por isso que hoje apresentamos 5 conselhos para quem vai viajar sozinho:

 

  1. Reúna informação: escolha um destino e comece a reunir informação relevante sobre o mesmo através de um bom guia de viagens, nos websites ou nos fóruns, onde poderá solicitar aos outros viajantes conselhos sobre a sua experiência nesse dito destino. De seguida decida quanto tempo irá durar a viagem, bem como o tempo que irá passar em cada local que visitar.
  2. Prepare o itinerário ou percurso: crie um percurso com o tempo em que irá permanecer em cada local, as coisas que pode fazer ou visitar e como se irá deslocar de um lugar para outro. Tenha sempre a flexibilidade em mente. Programe os dias apenas para viajar e considere mais alguns dias extras para eventuais contingências, uma vez que há muitos factores que podem alterar os seus planos, como por exemplo a descoberta de um lugar interessante ou até a própria meteorologia. Não se esqueça ainda de programar um dia de descanso por cada semana de viagem, para poder também descansar.
  3. Faça algumas reservas: embora muitos viajantes reservem cada bilhete, cada hotel e mesmo os museus que irão visitar ainda antes de partir, isso não é totalmente recomendável. Obviamente que irá ser necessário reservar os principais meios de transporte a utilizar, tanto na ida, como na volta e também o hotel onde irá pernoitar inicialmente. Mas é recomendável fazer a reserva por Internet apenas com um dou dois dias de antecedência, pois assim será mais fácil se necessitar de alterar ou cancelar uma reserva.
  4. Concentre-se em viajar: quando pensar em finalmente partir, mentalize-se de que vai viajar só e que irá encontrar dificuldades pela frente. Confie nas suas capacidades e enfrente cada desafio que se apresente pela sua frente, porque quando os conseguir superar, será bastante satisfatório a nível pessoal. Dedique algum tempo a pensar sobre os seus planos para os próximos dois dias e ligue-se à Internet para estar informado sobre o que está a acontecer no seu próximo destino.
  5. Seja positivo, flexível e tenha a mente aberta: lembre-se que a sua viagem não consiste em tirar fotos de si mesmo em frente a monumentos famosos, mas sim em desfrutar da experiência Seguramente que irá cometer erros de todo o tipo, mas pense que tudo isso irá ser razão para umas boas anedotas que depois poderá contar aos seus amigos e familiares.

 

Basicamente, a melhor forma de viajar é simplesmente pegar na mochila e partir à aventura sem reservas e com um itinerário vago e impreciso. E sobretudo, viver a experiência.

Deixe o seu comentário