Os 6 destinos mais baratos para viajar em 2017 em todo o mundo

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

destinos mais baratos para viajar em 2017 Se entre os seus objectivos para o resto deste ano está viajar mais por menos dinheiro, então esteja atento ao resto deste artigo porque vamos falar sobre seis destinos muito interessantes que se destacam por serem baratos (e interessantes).

Não somos nós a dizer, mas sim a Trivago através da sua publicação Best Value City Index, que foi realizado através de um algoritmo que pondera a reputação online da oferta hoteleira e dos preços médios mais económicos.

A Trivago fez seis rankings: da Europa, América do Norte e Central, América do Sul, África, Ásia e Oceânia. Hoje vamos mostrar o primeiro classificado em cada uma destas zonas geográficas.

Se calhar não conhece alguns destes destinos, mas garantimos que todos eles valem a pena. Vem connosco?

 

Mostar, Bósnia e Herzegovina

mostarSegundo a Trivago, o destino mais barato da Europa é Mostar, uma cidade na Bósnia-Herzegovina que há apenas 20 anos era afectada pelo flagelo da guerra.

No entanto, graças à sua beleza arquitectónica e à vitalidade dos seus habitantes, é hoje um lugar com muito para oferecer aos turistas: a ponte Stari Most, a vida nocturna, as mesquitas, as casas, etc. Para além disso, ao visitar Mostar irá entender um pouco melhor a complexa história da Europa contemporânea.

 

Mengzi, China

MengziDa Ásia há a destacar Mengzi, uma pequena cidade localizada na província de Yunnan, no sul da China.

Trata-se de um lugar com uma longa tradição comercial. A principal atracção deste destino é conservar a autenticidade chinesa, uma vez que foi pouco influenciada pela globalização em relação a outras grandes capitais do país.

A cidade velha é surpreendente e fica situada junto a um belo lago.

 

Morelia, México

moreliaNa América do Norte e Central a escolha recaiu em Morelia, a capital do estado mexicano de Michoacán. Trata-se de uma típica cidade mexicana que surpreende pelo seu centro histórico, declarado Património da Humanidade pela UNESCO, entre outras razões porque tem uma bela arquitectura do tempo colonial.

Também se destaca pela gastronomia (em especial, os doces típicos), museus, praças, jardins e, claro, pelas suas gentes.

 

Salento, Colômbia

salentoAparentemente, o destino turístico mais económico da América do sul é Salento, uma cidade cheia de cores e localizada numa montanha na Colômbia.

Aqui irá poder não só beber um dos melhores cafés do mundo, como ainda descobrir lugares muito interessantes, como a Calle Real (Rua Real), onde poderá comprar artesanato e roupa típica da zona; a Praza Bolívar; a Finca de Don Elias, uma impressionante fazenda de produção de café.

Também merece uma menção o Vale de Cocora e o Parque Agro-ecológico da Terra Prometida, lugares onde vale a pena fazer uma excursão.

 

Ouarzazate, Marrocos

Kasbah TaourirtDa Colômbia vamos até Marrocos para descobrir um dos destinos mais económicos de África. Trata-se de Ouarzazate, uma das cidades mais cinematográficas do mundo.

Localizada no sopé da cordilheira do Atlas, entre os rios Dades e Draa, esta cidade já serviu de localização para alguns filmes marcantes como “Lawrence da Arabia”, “Kundun”, “Gladiador” e “Babel”.

Se tiver oportunidade de viajar até este lugar, não perca a rota dos oásis e a Kasbah de Taourirt.

 

Palmerston North, Nova Zelândia

Palmerston NorthVamos terminar a falar sobre um dos destinos mais baratos da Oceânia. Trata-se de Palmerston North, uma cidade do interior da Nova Zelândia e que fica junto do rio Manawatu.

Graças aos estudantes universitários é um lugar cheio de vida. Vale a pena visitar o centro histórico onde foram restauradas lojas dos anos 20 e 30.

Para além disso, poderá aproveitar os restaurantes, cafés, lojas modernas… Obviamente que a partir de aqui poderá fazer muitas excursões pelas magnificas paisagens neozelandesas.

 

Imagens por Evan Chu, Bert Kaufmann, Melissa, travelbusy.com, Triángulo del Café Travel, Maarten (c) e Keith Davenport no Flickr.

Deixe o seu comentário