Fátima, o turismo religioso em destaque neste ano de 2017

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

fátimaTodos os anos o Santuário de Fátima está em destaque graças ao turismo religioso que continua a ter uma grande importância para a cidade e para a região.

Fátima é um dos locais religiosos mais conhecidos dentro das nossas fronteiras, sendo este ano muito especial porque se cumpre o Centenário das Aparições de Fátima, o que é um evento muito importante. Por este motivo as autoridades portuguesas esperam que o número de visitantes seja muito elevado, especialmente porque no mês de Maio o Papa Francisco vai realizar uma visita a este Santuário Mariano, mais concretamente nos dias 12 e 13 de Maio.

Para quem é mais religioso, esta é uma data muito especial e por isso são esperados em Fátima mais de 8 milhões de visitantes durante o ano de 2017, o que representa mais 2 milhões de visitantes em relação ao ano transacto. Isto deve-se essencialmente às comemorações do primeiro Centenário das Aparições de Fátima, o que por si só é um motivo para fazer uma visita a este santuário.

turismo religioso

Encantos de Fátima

Fátima é um dos locais mais conhecidos em termos de turismo religioso, tal como Lourdes em França ou Santiago de Compostela em Espanha, que também são destinos turísticos religiosos por excelência.

É esperado um grande número de turista em Fátima durante o ano de 2017, mas especialmente durante o mês de Maio. Pretende-se ainda promover os Caminhos de Fátima, o que pode ajudar a atrair mais peregrinos a partir de agora porque o turismo religioso tem ganho particular destaque.

O Projecto Caminhos de Fátima tem como objectivo identificar e sinalizar caminhos para peregrinos que a pé se dirigem a Fátima evitando as estradas de grande tráfego automóvel em favor de caminhos de terra ou, se estes não estiverem disponíveis, pequenas estradas rurais com pouco tráfego. Já estão sinalizados quatro Caminhos, a saber, o Caminho do Tejo que parte de Lisboa, o Caminho do Norte que parte de Valença, o Caminho da Nazaré e o Caminho do Mar que parte do Estoril e Cascais.

Os peregrinos que de Fátima desejem prosseguir para Santiago de Compostela poderão fazê-lo pelo Caminho do Norte mas em sentido inverso, passando por Coimbra e Porto até Valença, entroncando em Tui no Camiño Portugués de Santiago, o segundo dos Caminhos de Santiago mais percorrido em toda a Europa. Assim estes Caminhos são, simultaneamente, Caminhos para Fátima e para Santiago, sendo a direcção Fátima indicada por setas azuis e a direcção Santiago por setas amarelas.

A presença de mais turistas em Fátima pode ajudar a melhorar economia local graças aos gastos dos visitantes nos hotéis e nos restaurantes. E um dos grandes objectivos das autoridades locais é precisamente conseguir atrair mais turistas ao longo de todo o ano, uma vez que a sazonalidade turística é um dos problemas mais importantes.

Este ano será possível atrair mais viajantes procedentes de uma maior variedade de países, como por exemplo da região da Escandinávia, da Holanda ou da Polonia, que são mercados turísticos de grande importância.

Deixe o seu comentário