Os melhores destinos gastronómicos em 2017

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

hong kong

Imagem por Corsiworld no Flickr

Você costuma escolher o destino das suas férias tendo em conta a gastronomia local? Não é o único! Com efeito, 75% dos viajantes refere que quando estão a decidir o seu próximo destino, costumam escolher lugares famosos pelas propostas de comida e bebida. Nem acho que seja nada fora do normal, até porque só o facto de podermos experimentar novos pratos e sabores, pode tornar qualquer viagem inesquecível.

O ranking que hoje vamos mostrar vai interessar sobretudo aos amantes da boa gastronomia. Estamos a falar da lista feita pelo Booking.com com os melhores destinos para comer do mundo, onde foi tido em conta a opinião dos seus próprios usuários. Não existe nenhuma cidade portuguesa no top 10, mas o Porto e Lisboa ocupam uns honrosos 13º e 20º postos, respectivamente.

A informação especifica que para chegar ao Top25, a Booking.com seleccionou os destinos que tinham mais recomendações por “comida” de viajantes globais, o que significou ter mais de 300 recomendações entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro de 2016.

O comunicado diz também que os millennials são os viajantes mais propensos a combinar viagem e comida, e que 79% dos que têm entre 18 e 34 anos admitem viajar para destinos que são “especificamente conhecidos pelas suas delícias gastronómicas”.

Quer saber quais são os melhores destinos gastronómicos de 2017? Então não perca nada do que lhe vamos contar de seguida!

 

Hong Kong, China

destinos gastronómicos

Imagem via Pixabay

O primeiro destino da lista é ocupado por Hong Kong que, como sabe, é uma região administrativa especial da China.

Não será de estranhar que Hong Kong esteja no topo deste ranking, pois apesar de não ter muitos restaurantes premiados com estrelas Michelin, tem uma magnifica comida de rua.

Para além disso, há a destacar a fusão das técnicas mais modernas com outras mais tradicionais e influências de outros países asiáticos.

 

São Paulo, Brasil

virado à paulista

Imagem por Mauricio Telles no Flickr

O segundo posto da lista é ocupado por São Paulo. E há que não esquecer que a gastronomia brasileira está apenas a começar a despontar a nível mundial.

Nesta cidade brasileira encontrará mais de 12 mil sítios para comer e mais de 15 mil bares onde pode tomar alguma coisa.

Entre os pratos mais típicos encontra-se o Virado à Paulista.

 

Tóquio, Japão

japão

Imagem via Pixabay

Na terceira posição encontramos Tóquio, cuja gastronomia está cada vez mais presente em todo o mundo.

A cidade japonesa está repleta de restaurantes, muitos dos quais estão abertos 24 horas por dia.

Entre os pratos mais típicos encontramos o sushi, o sashimi e o lámen.

 

Atenas, Grécia

atenas

Imagem por Robert Kindermann via Wikipédia

O primeiro destino europeu da lista vai para Atenas, a capital grega. A cidade conseguiu subir neste ranking graças aos sabores únicos da sua cozinha, que tem uma tradição com mais de 4.000 anos e influências dos países vizinhos.

 

Kuala Lumpur, Malásia

malásia

Imagem por Mw12310 via Wikipédia

Kuala Lumpur, a cidade mais importante da Malásia, está na quinta posição da lista.

Há a destacar sobretudo as barracas de rua, onde poderá desfrutar de massas de todas as formas e feitios, grelhados, caril picante e muitas outras surpresas.

 

Melbourne, Austrália

australia

Imagem por Sheila no Flickr

É provável que o que mais lhe chame a atenção na Austrália não seja propriamente a gastronomia, mas a verdade é que esta é cada vez mais valorizada. Com efeito, Melbourne conseguiu obter o sexto posto do ranking.

Devido à predominância da gastronomia britânica, há a destacar os pastéis e, em especial, o pastel de carne.

 

Banguecoque, Tailândia

tailândia

Imagem por Terence Ong via Wikipédia

Votamos à Asia para falar sobre Banguecoque, outra cidade que se destaca pela street food. O melhor de tudo é que o preço da comida está ao alcance de qualquer pessoa.

 

Granada, Espanha

granada

Imagem por Jean & Nathalie no Flickr

Na oitava posição encontramos Granada em Espanha onde poderá aproveitar para conhecer alguns pratos requintados. Mas se existe algo a destacar nesta cidade são as tapas.

 

Las Vegas, Estados Unidos

las vegas

Imagem por City Foodsters via Flickr

Os Estados Unidos também estão representados no top 10 graças a Las Vegas.

O melhor da gastronomia local está reflectido numa cozinha multicultural e com muitas e diversas origens.

 

Buenos Aires, Argentina

argentina

Imagem por www.recetasgourmet.com.ar via Wikimédia Commons

Por último, vamos falar sobre Buenos Aires, a capital da Argentina. É importante ter em conta que a gastronomia local é caracterizada pela influência da comida italiana e espanhola, de onde se destacam as carnes, o peixe, a pasta e as tortas.

 

Top 25 dos melhores destinos gastronómicos em 2017

Logo a seguir ao top 10 estão Singapura, Varsóvia, Porto, Valência, Florença, Milão, Sydney, Cracóvia, Istambul, Lisboa, Munique, Copenhaga, Sevilha, Bruxelas e Roma.

“Usando as apreciações de viajantes, que há 118 milhões na Booking.com e a aumentarem todos os dias, conseguimos ajudar os viajante a descobrir melhores lugares para explorarem, como recomendados por parceiros viajantes — desde os melhores bairros e pratos a experimentar, a descobrir jóias ocultas pelos destinos culinários dominantes”, salientou o Chief Marketing Officer da Booking.com, Pepijn Rijvers.

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...