Uma visita a Elvas

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Elvas, a cidade fortificada construída para servir de posto fronteiriço nas guerras entre Portugal e Espanha. À chegada vemos uma cidade erguida numa elevação que ainda conserva em surpreendente bom estado os antigos edifícios fortificados que serviam para impedir o assalto das tropas castelhanas ao Alentejo.

ElvasExiste estacionamento fora das muralhas, mas também podemos optar por subir pelas ruas estreitas até ao castelo onde também existe um parque de estacionamento. Os autocarros que ligam Elvas a outras cidades param junto à porta da muralha (Praça 25 de Abril). A estação de comboios fica a cerca de 4 quilómetros das muralhas, sendo a ligação à cidade feita por um autocarro municipal ou então de táxi.

Uma vez dentro das muralhas, a praça principal é a Praça da República onde fica o posto do turismo.

 

O que visitar em Elvas

As fortificações: Elvas é famosa pelas suas complexas fortificações. Foram erguidas no século XIII e sofreram várias reformas. A forma actual foi dada por Vauban, engenheiro militar francês que idealizou um sistema de muralhas em forma de estrela de forma a maximizar a capacidade de disparo das defesas. Estas defesas foram imitadas em alguns fortes como Estremoz e outros. Recomendamos uma visita ao Forte da Graça e ao Forte de Santa Luzia.

O castelo: o conhecido castelo de Elvas, de origem árabe, remodelada por D. Dinis e D. João II em finais do século XV. Tem algumas partes restauradas e oferece as melhores vistas de Elvas.

O aqueduto da Amoreira: à entrada da cidade vemos um aqueduto começado a construir em 1498 e terminado em 1622 com decoração estilo manuelino.

Outras visitas recomendadas são ao Largo de Santa Clara e à Igreja de Nossa Senhora da Consolação.

 

Restaurantes

O lagar: Rua Nova da Vedoria 7. Boa cozinha alentejana, um bom sitio para pedir cataplana ou açorda. Tem ar condicionado.

A coluna: Rua do Cabrito 1. Restaurante famoso em Elvas e com decoração em azulejos. Não é muito caro e destaca-se o bacalhau ma ementa.

O machado: Rua da Cadeia. Um pouco mais caro, mas tem mesas no exterior com sombra e serve pratos do dia.

 

Alojamento

Para hotéis e alojamento na cidade de Elvas clique aqui.

 

Festas de Elvas

Na cidade realiza-se um mercado semanal todas as segundas-feiras. É feito fora da cidade, na zona do aqueduto. As festas da cidade são as Festas de São Mateus, que duram uma semana a partir de 20 de Setembro.

 

Historia de uma cidade fronteiriça

Elvas foi conquistada ao império árabe em 1230. Os séculos seguintes assistiram a vários assaltos das tropas castelhanas à cidade, que apenas uma vez sucumbiu, em 1580, sendo tomada pelos espanhóis durante apenas um ano. Na historia da cidade figura com orgulho a batalha de 1658 onde um pequeno exército português resistiu ao assalto de um exército castelhano superior em numero, mas não em coragem.

Elvas também foi assediada durante a guerra das laranjas e posteriormente serviu de refugio inexpugnável para Wellington, a partir da qual lançou violentos ataques contra as tropas napoleónicas durante os terríveis anos em que a península ibérica sofreu com as invasões francesas.

One Response

  1. joao

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...