14 dicas para viajar sem gastar muito dinheiro (mesmo em época alta)

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

dicas para viajar com pouco dinheiroÉ possível viajar sem gastar uma fortuna, mas é preciso ter atenção aos detalhes, e sobretudo deixar de pensar que o planeamento arruína o divertimento.

Tome atenção aos seguintes conselhos e comece a planear as suas férias:

  1. Dedique algum tempo a planear. Ir onde? Durante quantos dias? Quantas pessoas? Qual o tipo de viagem: descobrir uma cidade, de descanso, de aventura ou para as crianças.
  2. Escolha a data da sua viagem com a maior antecipação possível. Assim irá ter mais tempo para poder poupar. Lembre-se que a semana santa, o verão e o Natal são sempre na mesma altura.
  3. Antes de decidir qual vai ser o seu orçamento para a viagem (porque é mesmo preciso fazer um orçamento!), investigue na internet os preços dos hotéis, pensões, viagens de avião, transportes públicos e da alimentação no local escolhido para as férias.
  4. Em relação ao orçamento para as férias, defina o valor limite para cada coisa: alojamento, transporte, comida, compras, imprevistos. Tente não se desviar do valor previsto e jogue com as variáveis. Hoje posso gastar menos em comida, amanhã gasto um pouco mais ou será que posso comprar algumas lembranças.
  5. Não pense que por fazer e seguir um orçamento para as suas férias se irá divertir menos. Pelo contrário, faz parte do jogo. Mentalize-se que ao fazer um orçamento irá permitir estruturar as suas férias, e sobretudo regressar sem dívidas ou problemas financeiros!
  6. Procure alternativas. Lembre-se que ao viajar gastamos até 50% do nosso orçamento nos transportes e no hotel. Por vezes os melhores hotéis não são a única opção. Há alternativas seguras e mais económicas. Por exemplo: casas particulares, residenciais, pensões, hostels, e hotéis com cozinha para além do quarto. Também está muito na moda o Airbnb, uma app que permite contactar pessoas em todo o mundo que alugam pequenos (ou grandes) espaços para desfrutar de uns dias fora dos mais impessoais hotéis. Esta app em particular é muito útil também para sondar preços, e até para conhecer possíveis lugares diferentes para onde ir.
  7. Procure também destinos alternativos: Portugal tem muito mais para ver do que apenas o Algarve. Conheça o interior, onde é ainda possível descobrir belos percursos, albufeiras lindas e paisagens de cortar a respiração. E a preços mais convidativos…
  8. Em relação à alimentação evite comer nos hotéis (é caro e muitas vezes a qualidade não é nada de especial).
  9. Não tenha vergonha de aproveitar cartões que lhe permitam ter descontos, seja nos hotéis, nos supermercados, ou qualquer outra coisa.
  10. Se sair do país, compre um bom guia turístico para onde for viajar. São uma boa ajuda sobretudo quando nunca se foi a esse lugar.
  11. Tenha também atenção ao câmbio de moeda (se viajar para fora da UE). Existem diversas apps para controlar o valor da moeda em todos os sistemas operativos.
  12. Usa o metro ou os transportes públicos o mais possível. Como em qualquer lado, os taxistas aproveitam-se por vezes de quem não conhece a cidade. Também existem excelentes app para os metros das principais cidades.
  13.  Tenha cuidado com os cartões de milhas aéreas. Use-os mas não fique dependente deles. O que é melhor, acumular milhas aéreas ou pagar uma tarifa mais barata? Esta é uma pergunta que muitos viajantes fazem quando compram passagens aéreas. A verdade é que quem paga a tarifa mais barata da rota, quase sempre não acumula ou acumula poucas milhas no programa de fidelidade da companhia aérea.
  14.  Fale com os habitantes locais (na recepção do hotel, com o taxista, lojistas, etc.) sobre quais são as melhores alternativas locais para visitar, comer e conhecer.
Booking.com

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...