calçada portuguesa

A origem da calçada portuguesa

calçada portuguesaOs terramotos, incêndios e outros desastres naturais são fenómenos bastante destrutivos e podem arrasar tudo, mas também por outro lado podem ser a origem para a reconstrução e renovação. Por exemplo, a Chinatown de São Francisco não seria tão pitoresca se não tivesse ocorrido um desastre, mais concretamente o terremoto de 1906.

O terramoto de Lisboa em 1755 também foi o responsável para haver ruas com uma pavimentação tão particular. É a chamada calçada portuguesa. A verdade é que este pavimento, tão do agrado dos portugueses como dos estrangeiros, foi uma forma de aproveitar os restos da cidade destruída pelo terramoto. Tal e qual.

O terramoto com uma magnitude estimada entre 8,5 a 9,5 graus na escala de Richter, aconteceu na manhã do Dia de Todos os Santos. Para piorar ainda mais a situação, foi seguido de um maremoto e um incêndio que devastaram grande parte da cidade que tinha sido poupada pelo abalo inicial. O sismo foi de tal forma intenso que foi sentido em grande parte da península Ibérica e em muitas regiões do norte de África.

A responsabilidade pela reconstrução foi atribuída a Sebastião José de Carvalho e Melo, o famoso marquês de Pombal e Primeiro-ministro no tempo do Rei de Portugal, D. José I.

calceteirosE, de acordo com os historiadores, o Marquês de Pombal mandou reutilizar os muros e as pedras dos escombros das ruínas da cidade para reduzir os custos e aproveitar os recursos disponíveis. Foram estes “restos” que foram reaproveitados para calcetar as ruas. Aqui esteve a origem da mundialmente conhecida calçada portuguesa e que acabou por se popularizar imenso a partir de meados do século XIX.

O Marquês de Pombal também fez uma importante contribuição a nível científico: mandou realizar um inquérito junto de todas as paroquias do país, onde se perguntava se os cães e outros animais se tinham comportado de forma anormal antes do terramoto, se o nível dos poços havia subido ou descido nos dias anteriores ao sismo, bem como qual o número e o tipo de edifícios que tinham sido destruídos. Foi assim que começou a nascer a sismologia como ciência dos tempos modernos.

Booking.com
2

Sem comentários

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...