As cidades europeias mais baratas para viajar em 2013

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

destinos mais baratosO conhecido magazine Huffington Post fez uma lista no mês passado das cidades europeias mais baratas e  recomendadas como possíveis destinos de férias. São referidas várias cidades relativamente acessíveis para todos os bolsos, ou pelo menos são alternativas menos caras do que outras grandes cidades mais conhecidas pelos cidadãos norte-americanos.

Das dez cidades mencionadas neste artigo, obviamente que destacamos a cidade de Lisboa, sendo curioso que a maioria delas são destinos situados na Europa Central ou Oriental. Para fazer esta lista, o Huffington Post teve em conta vários factores como os preços médios dos hotéis, dos voos de avião ou o preço da cerveja.

 

Assim, as cidades europeias mais baratas para viajar em 2013 são:

  • Lisboa (Portugal)
  • Praga (República Checa)
  • Berlim (Alemanha)
  • Kiev (Ucrânia)
  • Istambul (Turquia)
  • Sofia (Bulgária)
  • Budapeste (Hungria)
  • Riga (Letónia)
  • Cracóvia (Polónia)
  • Vilnius (Lituânia)

 

Cada uma destas cidades tem os seus prós e contras. Por exemplo, Sofia supostamente será a cidade europeia mais barata, uma vez que é possível a um turista com menos de 50 dólares por dia ficar alojado num hotel de três estrelas, pagar transportes, actividades, refeições e bebidas, sendo o seu ponto mais negativo o preço dos voos a partir dos EUA. Referem que em relação a Praga os preços estão a ficar mais altos, no entanto ainda é considerada uma cidade barata, especialmente para os viajantes solitários. Não esqueçamos que nesta cidade é ainda possível beber uma caneca de cerveja por apenas cerca de um dólar.

Em relação a Lisboa destacam o preço acessível das passagens aéreas, mais baratas do que são em relação a Londres. De referir ainda que o preço dos alojamentos baixou cerca de 7% no ano passado, tornando Lisboa um destino turístico ainda mais apetecível para os turistas americanos.

Ficamos no entanto com a sensação de que esta análise apenas teve em consideração capitais e grandes cidades, pelo que se tivessem pesquisado mais um pouco certamente que teriam encontrado outros destinos, para onde é possível viajar de forma económica. Você quer propor algum destino para viajar este ano?

 

Via | Huffington Post

Foto | Maurice

Booking.com

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...