lisboa

Belém, Lisboa à beira rio

Belém, Lisboa à beira rioBelém é um antigo bairro lisboeta, testemunho de outras eras, quando as caravelas partiam dali para dar novos mundos ao mundo. Fica em frente à zona da foz do rio Tejo, e é parte da freguesia de Santa Maria de Belém.

Em 1495, quando D. Manuel I subiu ao trono, quis mostrar os reflexos da expansão portuguesa pelo mundo, construindo grandiosos monumentos e igrejas, e dois dos melhores exemplos ficam precisamente em Belém: o Mosteiro dos Jerónimos e a Torre de Belém.

Na actualidade Belém é uma zona de ruas amplas, com museus, palácios e belos jardins. O facto de ali passar o Tejo levou a que aqui se construísse uma bela zona à beira rio cheio de esplanadas que se enchem de turistas nos dias de bom tempo.

Salazar quis aqui mostrar o orgulho nacional, e iniciou entre outros, um projecto de recuperação da zona entre o rio e o Mosteiro dos Jerónimos, com belas praças como por exemplo a Praça do Império, entre outras edificações.

A afluência de turistas a esta zona levou à construção de zonas desportivas, esplanadas, hotéis e restaurantes, para que nada falte a quem aqui queira passar algum tempo desfrutando desta zona nobre da cidade de Lisboa.

Belém, Lisboa à beira rio

Pontos de interesse em Belém

Se tivermos algum tempo disponível para visitar esta zona, aqui ficam algumas recomendações de visitas a não perder:

Museus e centros de cultura: Museu de Arte Popular (junto ao Monumento dos Descobrimentos), Museu da Marinha, Museu Nacional de Arqueologia, Museu Nacional dos Coches, Planetário Calouste Gulbenkian, Centro Cultural de Belém.

Parques e jardins: Jardim Agrícola Tropical, Jardim Botânico da Ajuda, Praça do Império, Praça Afonso de Albuquerque.

Igrejas e mosteiros: Ermida de São Jerónimo, Igreja da Memória, Mosteiro dos Jerónimos.

Edifícios históricos e monumentos: Torre de Belém, Palácio de Belém, Palácio Nacional da Ajuda, Monumento aos Descobrimentos, a Antiga Confeitaria de Belém.

Mas se não tiver tempo disponível para visitar tudo não perca a visita ao Mosteiro dos Jerónimos, e ao Museu Nacional, seguido de uma visita também ao Monumento dos Descobrimentos e à Torre de Belém, voltando depois para saborear os típicos pasteis de Belém.

Que mais podemos pedir de uma visita a Belém? Talvez uma visita mais demorada, descobrindo os seus segredos com calma e desfrutando desta bela zona da capital.

Fotos : morgaine e taksidia no Flickr

Sem comentários

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...