australia

As Cidades Mais Quentes do Mundo

Este verão até foi uma excepção, mas a verdade é que os verões têm sido cada vez mais quentes. Será certamente devido às alterações climáticas que as temperaturas têm vindo a disparar em todo o mundo, especialmente em alguns lugares em que há dias realmente insuportáveis.
De seguida vamos ver uma lista com as 10 cidades mais quentes do mundo. Não há nenhuma cidade portuguesa (felizmente), pelo que nem nos podemos queixar, apesar do calor ser quase insuportável em determinadas regiões de Portugal como o Alentejo, Ribatejo ou Trás-os-Montes.
cidades mais quentes do mundo

Jizan (Arábia Saudita)

Jizan é uma cidade situada na região sudoeste da Arábia Saudita, nas margens do Mar Vermelho. Ali vivem perto de 100.000 pessoas que estão acostumadas a suportar temperaturas que rondam os 40 graus e estão associadas a uns níveis de humidade bastante elevados. É impossível ficar indiferente.
calor

Banguecoque  (Tailândia)

Não são poucos os turistas que ficam surpreendidos ao chegar a Banguecoque, a capital da Tailândia. Ficam logo com a sensação de estar numa sauna durante todo o dia, já que as temperaturas podem superar os 40 graus perfeitamente durante o dia e a noite.
Para além disso, há também muita humidade e o ar costuma estar contaminado devido à grande quantidade de carros e motos que circulam pelas ruas.
las vegas

Las Vegas (Estados Unidos)

Não é por acaso que o Vale da Morte (Death Valley) fica próximo de Las Vegas, que é um dos lugares mais quentes do planeta. Ali, a temperatura média no verão ronda os 47 graus e é onde se registou a temperatura mais alta da história: 56,7 graus no dia 10 de Julho de 1913. Não há lugar mais quente em todos os Estados Unidos, embora na “cidade do pecado” as pessoas se refugiem nos numerosos casinos, onde o ar condicionado “trabalha a todo o vapor”.
Hong Kong

Hong Kong (China)

Nesta grande cidade chinesa o clima é horrível durante os meses de verão. Às temperaturas superiores a 30 graus que se registam todos os dias e a qualquer hora, há que somar a humidade que transforma a cidade numa espécie de sauna tropical.
Mexicali

Mexicali (México)

Mais de um milhão de pessoas vivem nesta cidade mexicana da Baixa Califórnia. As ondas de calor são constantes e isso explica a razão pela qual a maioria dos seus habitantes decidem fazer as malas para passar as férias na costa, quer seja em Tijuana, em Ensenada ou mais para sul.
australia

Melbourne (Austrália)

A Austrália teme fama de país quente e Melbourne é um bom exemplo disso. Basta ver o que acontece durante o Open da Austrália de ténis (Novak Djokvic chegou a desistir um ano devido a desidratação) para nos apercebermos que não é o típico lugar para onde gostaríamos de ir se não gostamos muito de calor. O clima aqui é estranho e as temperaturas podem disparar para valores insuportáveis. Com efeito, no ano de 2009 chegaram acima dos 47 graus.
malasia

Kuala Lumpur (Malásia)

A capital e maior cidade da Malásia vem confirmar o que já sabemos do sudeste asiático: faz imenso calor. Embora as temperaturas raramente alcancem os 40 graus, o facto de estar próxima ao equador faz com que a combinação de calor e humidade torne esta cidade numa das onde é mais difícil respirar.
EUA

Phoenix (Estados Unidos)

Voltamos aos Estados Unidos, mas desta vez para falar de outra cidade em que ninguém passa frio. Não fica demasiado longe de Las Vegas e tem um deserto bastante perto, o deserto de Sonora. Os cactos não passam mal, mas as pessoas têm dificuldade manter uma boa hidratação durante o verão, altura em que as temperaturas superam facilmente os 40 graus.
grecia

Atenas (Grécia)

Na Europa há também cidades bastante quentes. A cidade número um é Atenas, a capital da Grécia, já que ali os 40 graus são superados no verão e até chegam a roçar os 50 graus, algo incomum no velho continente. Embora os níveis de poluição tenham caído nos últimos anos, continua a ser um problema juntamente com o clima.
egipto

Cairo (Egipto)

Acabamos em África com a capital do Egipto. No Cairo, a cidade maior do continente, os 40 graus são superados facilmente e a humidade do rio Delta não ajuda em nada. Receber o ar quente que vem do deserto Arábico é sinónimo de temperaturas astronómicas.
Booking.com
3

Sem comentários

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...