Como reclamar dos problemas com as viagens

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

como reclamar problemas com viagensMuitas vezes quando viajamos as coisas não são como se anunciavam, ou então pode acontecer algum percalço com o nosso transporte ou qualquer outra situação inesperada. Nestes casos devemos saber que a primeira coisa a fazer é reclamar e defender os nossos direitos para que estes não sejam violados.
Mas tenha em mente que defender os seus direitos não significa gritar, discutir, insultar ou ameaçar, pois aí perde toda a razão. Actuar defendendo os seus direitos é mostrar-se firme e seguro (mas não arrogante), é seguir todos os mecanismos legais estabelecidos e passos administrativos, que são o que irá permitir, em última instância, que sejamos ressarcidos dos danos sofridos.
E em muitos casos não será tanto de não existir regulação a esse respeito, que existe, mas o que acontece é que muitas pessoas não sabem defender adequadamente os seus direitos, e então queixam-se de que a lei não os protege. E a lei (em alguns casos melhor ou pior, noutros casos bem, noutros mal) existe para nos apoiar.
Quando se reclama devemos saber diferenciar se não era algo tal como anunciado ou se é devido a alguma incidência relacionada com o transporte (caso típico nas demoras ou percas de voos ou das bagagens nos mesmos aviões). No primeiro caso devemos tentar reclamar no local para que se cumpra o prometido, denunciando o sucedido. Mas sobretudo devemos reclamar a situação no regresso na mesma agência de viagens onde contratámos a viagem, e nesse caso iniciar um processo administrativo e judicial (se necessário) para sermos compensados dos danos sofridos.
No segundo caso, é de vital importância que no regresso sigamos todos os trâmites administrativos e legais, para o que será de vital importância termos pedido adequadamente todos os documentos de que vamos precisar posteriormente (por exemplo no caso de problemas com voos ou bagagens nos aeroportos): o documento oficial do aeroporto ou companhia aérea onde se especifique o sucedido e todos os tickets que demonstrem os gastos que devido a isso tivemos de suportar (tudo isto também será imprescindível para declarar o problema à companhia de seguros, no caso de termos contratado em seguro de assistência em viagem, além de reclamar perante a companhia aérea).

Booking.com

19 Comentários

  1. Sara
  2. Carlos Perdigão
  3. Julio
  4. vania
  5. ylenia
  6. Rui Santos
  7. Dirceu Fagundes
  8. Roberto Ribeiro
  9. Patricia Bertão
  10. Patricia Costa
  11. Cristina
    • Paulo

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...