Destinos a visitar antes que desapareçam

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

É muito mau que os lugares que hoje vamos propor tenham “data de validade”, mas efectivamente é mesmo assim. Locais com muito encanto como as Ilhas Maldivas ou a romântica cidade de Veneza têm uma esperança de vida relativamente curta, pelo que será a melhor altura de visitar estes lugares antes que desapareçam.

Vamos viajar até diferentes lugares do mundo para nos maravilharmos com a beleza da mãe natureza. Aproveite enquanto ainda existem.

 

Ilhas Maldivas

ilhas maldivas100 anos. Presumivelmente será o tempo que ainda temos para visitar as Ilhas Maldivas antes que desapareçam, segundo a opinião dos especialistas. Porquê? Aparentemente a subida do nível do mar está a fazer desaparecer estas ilhas paradisíacas. Com efeito, 80% da superfície das ilhas está apenas 3,3 metros acima do nível das águas. Como é lógico, os danos da subida do nível do mar começarão a notar-se a médio prazo. É uma pena a perda deste verdadeiro paraíso na Terra.

 

Grande Barreira de Coral

grande barreira de coralTambém é 100 anos a esperança de vida da Grande Barreira de Coral da Austrália. A única estrutura viva visível a partir do espaço tem os seus dias contados. A contaminação do planeta e o aquecimento global são os grandes culpados deste triste desaparecimento.

 

Veneza

venezaA surpresa nesta lista é a cidade de Veneza, que ameaça afundar-se num prazo de apenas 70 anos. O chão debaixo dos edifícios de Veneza está a afundar-se a um ritmo de 1,5 milímetros ao ano. Para além disso, o nível do mar aumenta entre 4 e 6 milímetros anualmente. Assim e apesar dos esforços do governo italiano, prevê-se que dentro de 70 anos Veneza possa ser a primeira cidade submarina do mundo.

 

Mar Morto

mar mortoMais curta é ainda esperança de vida do Mar Morto. Temos 50 anos para visitar o maior lago salgado do mundo. A razão? A única fonte de água deste lago é o rio Jordão que está a ser sobre-explorado pela Jordânia e por Israel. A este ritmo, tanto o rio como o lago irão desaparecer apenas em 50 anos.

Booking.com

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...