como viajar

Dicas para viajar de avião | Tudo o que precisa de saber para a sua primeira viagem e as próximas

viajar de avião
Voar tornou-se uma parte da vida moderna. Quer seja para negócios, família ou lazer, é muitas vezes mais rápido (e barato) viajar de avião do que de carro, barco ou comboio. Contudo, muitas pessoas têm alguma fobia de voar ou problemas em lidar com viagens longas, por isso este artigo sobre dicas para viajar de avião é para si!
Aqui estão 25 dicas para tornar os seus voos mais agradáveis e as suas viagens de avião não serem uma tortura a suportar para poder conhecer novos lugares. Mas com estas dicas certamente reduzirá os seus medos e compreenderá a melhor forma de viajar com crianças ou animais de estimação. Não deixe que o medo de voar de avião o paralise! Siga estas dicas para viajar de avião.
dicas para viajar de avião

Dicas para viajar de avião

Tentar viajar de manhã cedo ou à noite

Se sofrer de enjoo ou se rejeitar a luz intensa dos raios solares, é melhor viajar muito cedo pela manhã ou à noite. Ao meio-dia a atmosfera é mais quente e a viagem é normalmente mais pesada. Além disso, como a manhã geralmente representa menos diferenças de temperatura a diferentes altitudes, há menos turbulência nos voos.
Esta é uma das dicas para viajar de avião que o ajudará sempre que tiver de apanhar um voo. É também aconselhável que use roupa apropriada e confortável, dado que quanto mais longa for a viagem, mais sentirá os efeitos da roupa inadequada. É importante que calcule como serão as temperaturas no seu destino, porque não quer chegar com roupa fria a um lugar com temperaturas altas, ou vice-versa, certo?

Controle a sua bagagem com antecedência e deixe-a fechada

Tente verificar a sua bagagem antes do voo e deixe-a hermeticamente selada. Não a abra novamente. Caso contrário, corre o risco de a colocar no lugar errado. Muitas experiências negativas e “stress” quando se viaja são causados por problemas com bagagem e pertences pessoais.
Viajar com o menor peso e número de malas possível e preparar tudo antes do tempo para evitar surpresas desagradáveis e preocupações desnecessárias. Além disso, isto evitará que tenha de sair do seu orçamento, pagando por excesso de peso na sua mala.

Sentar-se perto das asas do avião

Se tiver medo dos movimentos do avião, tenta sentar-se perto das asas. Isto ajudá-lo-á a manter-se estável porque é aí que o avião repousa no seu eixo e você sentir-se-á mais equilibrado.
Agora, o risco de não sobreviver a um acidente de avião é o que assusta muitos viajantes. Consequentemente, talvez queira saber que a revista Popular Mechanics indicou que as pessoas que se sentam atrás das asas têm 69% de hipóteses de sobreviver em caso de acidente. Este facto pode ajudá-lo a sentir-se um pouco mais seguro no avião!

Reunir o máximo de informação possível sobre os voos disponíveis

Tente obter o máximo de informação possível sobre o seu voo a partir de “websites” como o Flightaware. Desta forma, saberá quanto tempo levará para lá chegar, quantos voos terá de escolher e outras informações importantes em caso de algum percalço. Estar bem informado é uma boa maneira de se sentir no controlo da situação!
É por isso que esta é uma das nossas dicas obrigatórias para as viagens aéreas. Também pode fazer alguma pesquisa sobre como a sua agência de viagens e companhia aérea lidam com situações imprevistas, tais como um atraso de voo, uma mala perdida ou se perder o seu voo. Desta forma, saberá como deve proceder no caso de algo semelhante lhe acontecer.

Transportar uma bateria extra (para tudo)

Esta dica aplica-se especialmente se estiver a voar durante longas horas.  Hoje em dia os aviões têm opções de entretenimento bastante aceitáveis, mas limitadas. Portanto, o melhor a fazer é descarregar séries, filmes e “podcasts” à sua escolha para poder realmente desfrutar de algo que lhe interesse.
Por outro lado, não há nada pior do que ter a bateria do seu telemóvel, portátil, livro eletrónico ou qualquer outro dispositivo inteligente que planeia utilizar para entretenimento durante a sua viagem completamente esvaziada.
Pegue numa bateria extra, num carregador portátil ou tome as medidas necessárias para que não fique sem energia. No caso de gostar de ler um livro durante o voo, certifique-se de que não o vai terminar antes de aterrar!
conselhos para viajar de avião

Dicas para viajar de avião pela primeira vez

Chegar ao aeroporto a horas antes da partida do seu avião

O que fazer para viajar de avião pela primeira vez? A primeira coisa a fazer é chegar ao aeroporto com antecedência. Os primeiros viajantes vêem frequentemente este ponto como sem importância ou acreditam que não é realmente necessário, mas a verdade é que ter tempo suficiente ajudará a não se atrasar nos controlos alfandegários ou se houver falhas técnicas.
Idealmente, deverá estar no aeroporto pelo menos uma hora antes se o voo for doméstico e duas horas antes se estiver a apanhar um voo internacional. Contudo, provavelmente terá de sair de casa muito mais cedo, porque deverá antecipar o tempo que leva a chegar ao aeroporto ou se tiver de conduzir durante as horas de maior tráfego.

Comprar bilhetes nas manhãs de terça e quarta-feira

O preço dos bilhetes de avião flutua regularmente. Há dias em que os preços são consideravelmente mais baixos. De acordo com estudos, a altura perfeita para reservar um bilhete é às terças e quartas-feiras de manhã, quando são mais baratos que no resto da semana. No entanto, mantenha-se atento à forma como os preços mudam nas suas companhias aéreas preferidas e aja em conformidade.
Outra dica para a sua primeira viagem de avião é comprar o bilhete com pelo menos um mês e meio de antecedência. Porquê? Porque se os comprar para uma data próxima da data muito provavelmente pagará um preço elevado!
Sabia que o momento ideal para os comprar ao preço mais baixo é 3 meses a 50 dias antes da data do voo?

Check-in com 24 ou 48 horas de antecedência

O check-in consiste em fornecer os seus dados online às companhias aéreas. Para o check-in terá também de introduzir o seu nome ou número de reserva que deverá chegar previamente ao seu e-mail.
Após efetuar estas etapas, receberá um novo e-mail com todas as informações.  Deve apresentar este documento no balcão do aeroporto. Pode imprimi-lo se o fizer sentir mais confortável, mas também é aceitável se o mostrar digitalmente.

Verifique o cartão de embarque

Esta é uma das instruções para viagens aéreas de primeira viagem que não deve esquecer: leia sempre com atenção o seu cartão de embarque.  A informação mais importante que contém é a hora a que embarca no avião (tenha cuidado, não é a mesma que a hora de descolagem), o número e a letra do assento, assim como o código de voo.
Uma vez no aeroporto, tem de apresentar este cartão de embarque. Pode também monitorizar os horários de embarque do avião nos ecrãs que encontrará no aeroporto. Não confie nisso! Em alguns casos, os portões de embarque mudam no último minuto.

Tenha o seu passaporte e visto prontos

Dependendo da sua nacionalidade, terá de solicitar um visto para entrar em países como a Nova Zelândia ou Canadá, e deverá ter este documento mesmo antes de comprar o seu bilhete. Por isso, certifique-se de cumprir todas as formalidades legais para entrar noutro território. Esta é uma das dicas para viajar de avião que alguns turistas de primeira viagem desconhecem, por isso esteja muito bem informado, dado que cada país altera constantemente as suas leis de imigração!
Por outro lado, o seu passaporte deve estar válido.  É um dos documentos mais importantes que levará consigo, dado que o ajudará a identificar-se no estrangeiro. Tente transportá-lo num local seguro, mas, ao mesmo tempo funcional, para que não perca tempo quando tiver de o apresentar no aeroporto.
cockpit

Dicas para viajar de avião com bebés

Viajar à noite e levar analgésicos consigo

Uma das melhores dicas para viajar de avião com bebés é viajar à noite, especialmente se a viagem for extremamente longa. Desta forma, os pequenos podem dormir durante toda ou a maior parte da viagem. Se estiver a amamentar, os especialistas sugerem que se alimente antes da descolagem e aterragem!
Isto também ajudará o seu bebé a manter-se calmo e a não chorar de fome. Leve também consigo um analgésico para o caso de sentir alguma pressão no peito. Por outro lado, o ar condicionado do avião pode secar a pele do seu bebé, por isso aplique hidratante e soro fisiológico no nariz se necessário.

Seja cauteloso

Os bebés sentir-se-ão seguros e descontraídos se estiverem sempre na companhia dos pais, mas também precisam que as suas necessidades básicas sejam satisfeitas, e se isto não acontecer, terão de fazer uma longa viagem de choro e birras! Nesse sentido, embale na sua mala de mão toalhetes húmidos, fraldas descartáveis, garrafas com sumo ou água, alguns brinquedos e qualquer outro “item” que considere necessário para os manter calmos.
Neste caso, ser cauteloso pode ajudá-lo a evitar um mau momento. Além disso, os aviões têm uma mesa para mudar fraldas na casa de banho. Pergunte ao pessoal de voo como a pode utilizar. Mudar o seu bebé no seu assento ou no tabuleiro de refeições pode deixar os outros passageiros desconfortáveis.

Relaxe e seja paciente

O seu bebé pode ficar chateado se sentir que os pais estão agitados ou nervosos. O que pode fazer é respirar fundo e procurar estratégias que mantenham o seu bebé entretido. E se ele chorar um pouco? Está tudo bem!  Alguns passageiros podem fazer barulho e queixar-se, mas o choro de um bebé em algumas situações é inevitável.
Além disso, pode fazê-los viajar muito mais livremente e confortavelmente se pedir um berço. Isto deve ser solicitado quando estiver a comprar o seu bilhete e confirmado no check-in. No entanto, se houver turbulência, o ideal a fazer é carregar e segurar o seu bebé nos braços até que tudo tenha passado.

Saiba qual a idade autorizada para viajar

A idade mínima para viajar difere entre as várias companhias aéreas. Os pais são encorajados a fazer voos domésticos quando têm mais de uma semana de idade e pelo menos três semanas para voos internacionais.
É claro que esta informação deve ser discutida com o seu pediatra, que pode aconselhá-lo sobre o que é melhor para a saúde e bem-estar do seu bebé. Lembre-se que alguns destinos podem ser um pouco mais arriscados do que outros, por isso o seu filho deve estar atualizado sobre todas as vacinas.

Vestir em camadas

Durante uma viagem, o mais comum é que as temperaturas mudem abruptamente em alguns casos. Para que não tenha de procurar novas peças de roupa, pode vestir o seu bebé em camadas. Ou seja, colocar um casaco e uma camisa por baixo, de modo que, quando ficar quente, só se tenha de retirar uma peça de roupa.
As roupas devem ser feitas de algodão, para não causar alergias cutâneas ou ficarem desconfortáveis com o tempo. Também pode ter uma mala ou bolsa especial para guardar roupa suja. Os bebés podem vomitar facilmente, portanto leve uma muda de roupa para quando estas situações ocorrerem.
viagem

Dicas para viajar de avião com crianças

Os aperitivos são seus aliados

Entre as dicas para viajar de avião com crianças, uma das mais importantes é dar-lhes alguns petiscos ou guloseimas. Não estamos a dizer que o faça em excesso, mas pode oferecer-lhes algumas opções para os manter entretidos. Além disso, ficarão entusiasmados com a novidade se não lhes permitirmos comer doces regularmente em casa.
Não espere que o avião descole ou já está há várias horas no voo, pode dar-lhes um biscoito minutos depois do embarque. Os seus filhos vão agradecer-lhe por isso! E irá ajudar a dar-lhes uma nova perspetiva sobre a viagem.

Escolha cuidadosamente o seu lugar

Se o seu filho tiver menos de dois anos, ele pode andar no colo dos pais. Mas se o seu filho for mais velho que isto, terá de pagar pelo seu lugar individual, bem como reservar o seu bilhete de avião com a sua data de nascimento e nome. Faz mais sentido deixá-los ir no lugar junto à janela do avião para poderem estar distraídos pela vista.
Também pode contactar a companhia aérea se decidir utilizar um assento aprovado ou um berço.  É provável que, nestes casos, o preço do bilhete aumente ligeiramente.

Leve brinquedos

Durante a viagem, as crianças exigem entretenimento e novas atividades. Assim, leve-os a um passeio pelo avião, explique como funciona, apresente-os à tripulação de voo e estimule a sua curiosidade. Mas esta atividade não compensa passado algum tempo, e é preciso estar preparado: dar-lhes o seu brinquedo favorito.
Também pode colorir quadros, fazer alguns trabalhos manuais simples ou pedir-lhe para escrever uma história. O seu filho ficará imerso na sua diversão durante várias horas.
Se for um pai mais permissivo ou se o seu filho for um pré-adolescente, pode deixá-lo ligar-se ao WiFi do avião para assistir a um desenho animado.

Peça ao seu filho para ir à casa de banho antes da descolagem

As casas de banho dos aviões são apertadas, o que pode ser um problema para as crianças. Para evitar isto, peça-lhes para ir à casa de banho antes de entrar no avião, embora isto nem sempre seja possível, porque com os mais pequenos um “não preciso” torna-se numa questão de segundos um “tenho de ir agora”. Fale com eles e chegue a um acordo para ir à casa de banho, mesmo que eles não achem necessário.
Outra dica para viajar de avião com crianças é não lhes dar demasiados líquidos para beber, porque terá de os levar à casa de banho de 5 em 5 minutos. Obviamente, é preciso estar atento para que não fiquem desidratados.

Transporte consigo alguns medicamentos

Algumas crianças têm um sistema imunitário mais fraco do que outras ou podem ter dores ou incómodos menores durante o voo. Por isso, leve algum creme em caso de picadas de insetos, xarope, e colírio para os olhos secos, especialmente se for para um local frio.
A altitude também pode afetar os ouvidos das crianças. Podem sentir dor, comichão e zumbido, por isso leve consigo gotas auriculares para evitar isto, e explique-lhes sempre que isto é normal e que nada vai acontecer! Também pode consultar o seu médico de clínica geral sobre outros medicamentos que deve tomar em pequenas quantidades durante a viagem.
como viajar

Dicas para viajar com animais de estimação de avião

Planeie uma viagem com poucas paragens

Os animais de estimação podem ficar “stressados” durante os voos, deixando a casa que conhecem e entrando em contacto com estranhos. Torne a sua experiência mais suave, levando-os consigo na cabine e, se possível, apanhando um voo direto.
Ter de fazer escalas e transferências pode esgotar o seu animal de estimação, fazendo com que fique fisicamente exausto, e até mesmo comprometendo a sua saúde.
Eles são uma parte importante da família, tome bem conta deles!

Certifique-se que a companhia aérea permite-lhe voar com animais de estimação

Sabe qual é uma das melhores dicas para viajar com cães num avião? Assegure-se de que a companhia aérea o permite! Atualmente, não existe nenhuma lei que os obrigue a aceitar animais de estimação na cabina ou noutro local. Estão também encarregados de estabelecer as regras para o fazer.
Apesar disto, cada vez mais companhias aéreas estão preocupadas em oferecer um serviço completo e permitir que os viajantes tomem o voo com os seus animais de estimação. Para obter esta informação, tem de visitar o seu “website” ou telefonar para o seu serviço ao cliente. Tenha também em mente que a compra de bilhetes pode demorar muito mais tempo e em alguns casos tem de notificar algumas agências no seu país sobre a viagem do seu animal de estimação.

Organizar a documentação

Tecnicamente, o seu animal de estimação pode entrar em qualquer território, mas apenas se estiver em conformidade com a documentação. A primeira coisa de que precisa é de um passaporte de animal de estimação. Neste documento encontra-se toda a informação sobre vacinas, tratamentos de desparasitação, qualquer doença que o animal tenha, entre outras.
Em países como a Tailândia, os cães são obrigados a ficar em quarentena antes de entrarem no país e, noutros casos, os gatos devem ser vacinados contra a raiva. Pode verificar se deve ter qualquer outro documento na embaixada ou consulado do seu destino, eles dar-lhe-ão informações precisas e ajudá-lo-ão a tomar precauções.

Escolha o transportador certo

É muito importante seguir cuidadosamente as dicas para viajar de avião com animais de estimação, para que não tenha situações infelizes. Por exemplo, os cães com mais de 10 quilos têm de ir para o porão com o respetivo transportador. No caso de algumas raças braquicataléticas, elas não devem ser sujeitas a uma experiência de viagem devido aos seus problemas respiratórios.
No entanto, o seu cão ou gato deve permanecer no seu transportador durante toda a viagem, que deve ser suficientemente grande para terem liberdade de movimento. Certifique-se de que tem fendas de ventilação para poderem respirar e, em simultâneo, cumpre os requisitos das companhias aéreas, que podem ser muito escrupulosas a este respeito.

Coloque o seu animal de estimação num arnês e numa trela

Sim, o seu animal de estimação também terá de passar pelos controlos de segurança do aeroporto. Em primeiro lugar, eles irão verificar o portador do seu animal de estimação com raios-X para se certificarem de que nada de ilegal está escondido nele. Depois, ser-lhe-á pedido, geralmente, que os carregue nos braços e passe pelo scanner ou arco de segurança.
Para evitar que o seu animal de estimação escorregue dos seus braços e corra pelo aeroporto inteiro, amarre-o num arnês e numa trela — imagine como pode ser difícil voltar a apanhar o seu animal de estimação! Além disso, é óbvio que vai atrasar todo o processo.
O que achou destas dicas para viajar de avião? Esperamos que as considere úteis para a sua próxima viagem, quer seja um primeiro viajante ou não! Acredita que nos escaparam outras dicas de viagem? Queremos conhecê-las nos comentários!
2

Sem comentários

Deixar um comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...