Mais Turismo

Percorra as estradas nacionais e descubra as maravilhas de Portugal de norte a sul

A nossa vasta experiência pelas estradas desse mundo fora diz-nos que umas férias ao estilo road trip, percorrendo as vias rodoviárias que unem as cidades de cada país, ou até as cidades entre países diversos, são das experiências mais memoráveis e gratificantes que se pode ter. Por isso, se já alguma vez pensou em organizar uma road trip por Portugal, com a sua cara-metade, família ou amigos, aceite as dicas e recomendações que a Auto Europe tem para si.
Graças aos seus mais de 65 anos de presença no mercado como intermediário
de aluguer de carros em Portugal e no resto do mundo, a Auto Europe baseia-se não apenas no feedback recebido dos seus clientes, mas também na experiência e na melhoria contínua do serviço oferecido, tornando-a hoje na melhor opção para alugar um carro para desfrutar das suas merecidas férias. Se nunca experimentou uma viagem deste género, acredite, faça uma e fique com boas memórias para o resto da sua vida. Mas tenha cuidado: a aventura vai ser tão gratificante que vai querer repetir e corre o risco sério de se tornar um fã.
Nas próximas linhas, dar-lhe-emos algumas dicas que não vai querer perder. Por isso, juntamos aqui algumas das melhoras rotas de viagem que Portugal lhe pode oferecer, para que possa descobrir os mais fantásticos lugares do país, de norte a sul!

Estrada Nacional 2 (N2), de Chaves a Faro

Como já todos sabemos, a Estrada Nacional 2 é a rainha das estradas portuguesas. É a terceira estrada nacional mais comprida do mundo, com aproximadamente 739 km de extensão, e a única em toda a Europa que atravessa um país inteiro na sua longitude.
A N2 está a tornar-se, cada vez mais, um ícone entre os automobilistas, constituindo-se já como uma atração turística per se. Une o país de norte a sul, sempre pelo interior, desde a cidade de Chaves, em Trás-os-Montes, até Faro, no Algarve, passando por Vila Real, Viseu, Penacova, Abrantes, Montemor-o-Novo, Ferreira do Alentejo, Castro Verde, entre outras. Em qualquer destas cidades, um dia de paragem para visitar algumas das suas atrações é, claro, obrigatório.

 

Estrada Nacional 222 (N222), de Vila Nova de Gaia a Vila Nova de Foz Côa

Uma das estradas mais cénicas das que aqui lhe apresentamos, a Estrada Nacional 222, que une Vila Nova de Gaia a Vila Nova de Foz Coa, dá-lhe toda uma visão única do majestoso vale do Douro, essa pérola rara de Portugal, desde a foz, entrando por Trás-os-Montes adentro, até praticamente à fronteira com Espanha, já na zona do chamado Douro Internacional. A N222 acompanha o Rio Douro em quase toda a sua extensão, passando, nomeadamente (mas não apenas), por Cinfães, Resende, Peso da Régua e o Pinhão. Não se esqueça que neste trajeto encontra as quintas que dão vida e nome a alguns dos mais sonantes vinhos de mesa do Douro e de vinhos do
Porto. Por isso, lembre-se de levar um condutor adicional consigo (sempre sóbrio), por forma a que possa fazer umas provas de vinhos pelo caminho.

 

Estrada Nacional 221 (N221), de Freixo de Espada à Cinta a Figueira de Castelo Rodrigo

Outra estrada altamente cénica neste nosso périplo é a Estrada Nacional 221 (N221), que une Freixo de Espada à Cinta a Figueira de Castelo Rodrigo. Conheça as serranias do interior do país, numa mistura perfeita entre Trás-os-Montes e o Vale do Douro até a uma das mais importantes cidades-fortaleza do país. Deleite-se com a qualidade da gastronomia que aqui encontra ao mesmo tempo que observa a beleza natural de todo o cenário.

 

Estrada Atlântica, de Pedrógão à Foz do Arelho

Aproveitando troços de várias estradas à beira-mar, não tem propriamente um número, mas vários. Neste caso, os números não são importantes, mas sim a fama da região por onde passa e as cidades e coisas de grande interesse que tem para lhe mostrar. A chamada Estrada Atlântica, que liga Pedrógão à Foz do Arelho, é um conjunto de estradas à beira-mar e estradas florestais, sempre dentro do Distrito de Leiria, que começa junto ao parque de campismo da Praia de Pedrogão e termina junto à lagoa e praia da Foz do Arelho, passando mesmo pela cidade da Nazaré. Nesta última, se é fã do surf, não se esqueça de passar pelo “Canhão” da Nazaré, pode ser que tenha sorte
e consiga ver mais um recorde de ondas gigantes do Guiness ser quebrado.
Se ficou entusiasmado/a com esta excelente opção de viagem automóvel, pode
sempre aproveitar para continuar para norte a partir de Pedrogão e visitar a Figueira da Foz, Quiaios, Mira, Ílhavo e Aveiro, ou continuar para sul da Foz do Arelho e passar, depois, por Caldas da Rainha, Peniche, Lourinhã, Porto Dinheiro, Santa Rita, Santa Cruz, Ericeira e continuar até Sintra. De certeza que não se vai arrepender, muito pelo contrário. Mas essa já é outra das nossas estradas.

 

Estrada Nacional 247 (N247), de Peniche a Cascais

Dona de uma paisagem cénica de rara beleza, que junta o oceano com a serra e inúmeros monumentos históricos pelo caminho, juntando-lhe as localidades campeãs na gastronomia ligada aos produtos de mar (peixes e mariscos), faça uma viagem demorada pela Estrada Nacional 247 (N247), que liga as cidades de Peniche e de Cascais. Logo em Peniche tem o porto de mar que mais peixe de captura entrega em média ao país todos os anos, cheia de tradições ligadas ao mar e com gastronomia de comer e chorar por mais, para além de praias de excelente qualidade, história muito interessante e poiso obrigatório para surfistas de todo o mundo. Visite a Lourinhã, onde as praias, o surf e a gastronomia de produtos de mar continuam a ser o forte e onde encontra, ainda, a adega onde se produz a mais tradicional de todas as aguardentes de
Portugal (saber deixado pelos franceses com o seu método cognac, aquando das invasões napoleónicas no início do séc. XIX, já com mais de 200 anos). Passe pela vila da Ericeira, famosa em todo o mundo por ser um dos santuários mundiais do surf, com praias de rara beleza e juventude vibrante. Continue mais uns quilómetros e visite a vila de Sintra, esse símbolo máximo do Romantismo português, cuja UNESCO abraçou e que lhe proporciona belos momentos de lazer, numa serra de beleza fantástica e doçaria do tipo conventual de lamber os dedos. E claro, terminando na vila de Cascais,
que dispensa apresentações, pois sempre foi um dos locais preferidos da alta
sociedade nacional e internacional.

Estrada Nacional 246-1 (N246-1), de Castelo de Vide ao Marvão

Num troço com cerca de apenas 10 km, se quiser ficar a conhecer uma das mais belas estradas de Portugal, viaje pelo Túnel das Árvores Fechadas ou pela Alameda dos Freixos, na Estrada Nacional 246-1 (N246-1), que liga Castelo de Vide ao Marvão.
Recomendamos esta pequena viagem pelo Alentejo profundo, quase junto à fronteira com Espanha, pois ela é inesquecível e tem aqui uma oportunidade fotográfica sui generis. Além de ficar a conhecer um pouco do Alentejo tradicional e da verdadeira gastronomia alentejana, verá a tradicional paisagem da serra do Marvão, com as suas muralhas altaneiras.

Estrada Nacional 268 (N268), de Aljezur a Sagres

Ainda com a possibilidade de fazer umas passagens à beira-mar, junto à chamada Costa Vicentina, conheça a Estrada Nacional 268 (N268), que liga Aljezur a Sagres, já na ponta sul de Portugal, no Algarve. Trata-se de uma estrada que mistura um pouco do interior do Algarve, ainda com algum sabor a Alentejo, com um ar ainda assim marítimo devido à proximidade com o Oceano Atlântico. Assim, comece o seu périplo em Aljezur, onde tem a oportunidade de visitar alguns monumentos que misturam as influências árabe e cristã medievais. Se quiser passar pelas praias da região, terá de
fazer pequenos desvios, passando, por exemplo, pelas praias da Arrifana, Canal e Penedo. Passa mesmo por dentro da Carrapateira e de Vila do Bispo, chegando finalmente a Sagres, onde volta a poder apreciar a nossa tão desejada gastronomia de produtos de mar.
Não se esqueça que, apesar de lhe estarmos a apresentar especificamente esta
estrada, indo de norte para sul, também pode e deve fazer a viagem para norte de Aljezur, já através de outras estradas, e entrar no Alentejo, que tem muito mais para lhe oferecer, desde Odemira a Vila Nova de Mil Fontes, Sines e Santiago do Cacém (onde encontra belíssimos exemplos dos vestígios romanos e de arquitetura militar medieval) e indo até Melides, Grândola e Alcácer do Sal.
Muitas outras estradas nacionais podiam aqui ser mencionadas, com paisagem, cultura, monumentos, gastronomia e diversões únicas. Mas isso iria tornar o nosso artigo tão extenso que deixaria qualquer amante de uma bela viagem rodoviária demasiado baralhado/a com tanta oferta. Assim, recomendamos que pegue num mapa atual, mesmo daqueles à moda antiga, em papel dobrado, e trace a rota da sua preferência e com as paragens que deseja fazer nas suas cidades preferidas. Os recursos eletrônicos também servem, mas não lhe dão a mesma sensação de aventura do velho mapa físico. Deixe esse para o GPS do seu telemóvel ou use o sistema de navegação do próprio carro se decidir ter esse serviço quando for levantar o seu carro
ao fornecedor da sua preferência.

 

Mas…quem é a Auto Europe?

Presente no mercado de aluguer de carros há mais de 65 anos, a Auto Europe é o parceiro ideal para fazer a sua reserva de aluguer de carros em Portugal ou em qualquer outra parte do mundo. Os nossos parceiros encontram-se espalhados por mais de 24.000 balcões em 180 países, oferecendo-lhe todo o tipo de viaturas que se possam enquadrar nas suas necessidades.
Precisa de um carro simples e pequeno, como um utilitário da classe económica, mais fácil de manobrar e estacionar, para as viagens a dois dentro de cada cidade que decidir visitar? Ou será que prefere um grande monovolume de 7 lugares, por exemplo, para levar toda a família numas férias memoráveis? Será que gostava de impressionar os seus amigos com um potente SUV, que lhe garanta também que as estradas menos bem conservadas não o incomodarão na sua viagem? Ou será que prefere fazer uma surpresa à sua cara-metade e alugar um belo descapotável para aproveitar o bom tempo à beira-mar? Temos tudo isto à sua disposição através dos nossos parceiros locais aos preços mais competitivos do mercado.
Não tenha receios. O nosso país é lindo, muito acolhedor e vai ver que terá a
experiência de uma vida. Visite o website da Auto Europe e venha daí. Faça-se à estrada, não se vai arrepender.

Boas viagens!

Exit mobile version