Évora e o Cromeleque dos Almendres

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

évoraO turismo rural costuma dar-nos gratas surpresas em forma de belíssimas cidades e povoações diversas imersos em plena natureza. Muito próximo de Lisboa, em pleno Alentejo, podemos encontrar uma das cidades mais belas da Europa. Refiro-me a Évora, uma cidade em pleno coração do Alentejo classificada como cidade-museu pela grande quantidade de elementos históricos que existem pelas suas ruas.

O centro da cidade é Património da Humanidade desde 1986. Uma visita a Évora é inesquecível, mas também se impõe dar uma volta pelos seus arredores, até porque existem algumas surpresas muito interessantes.

templo de diana

O Templo Romano de Diana em Évora

Quase de certeza que a maioria de nós relaciona Évora com o famoso templo da época romana, que é quase um ícone da cidade. É uma magnífica construção do século I com o nome de Templo de Diana.

Mas Évora também tem uma maravilhosa Catedral que mistura o estilo românico original (foi construída no século XII) com o gótico da reconstrução (século XV).

Em qualquer visita a Évora também não pode faltar uma visita ao Museu Regional que foi remodelado em 2009 e tem mais de 100 anos. O interior do próprio edifício é já merecedor de uma visita. A colecção iniciou-se com artigos recolhidos pelo Dr. Augusto Filipe Simões durante a década de 1870, contendo peças romanas, visigóticas e árabes antes parte do Templo Romano, Palácio D. Manuel e Praça do Giraldo.

Também merecem uma visita o Fórum Eugénio de Almeida e o jardim da Casas Pintadas, o Palácio dos Duques de Cadaval e a Igreja dos Lóios, o Convento dos Remédios, o Museu de Arte Sacra da Catedral de Évora, o Museu do Artesanato e do Design – MADE, o Museu das Carruagens, o Museu do Brinquedo, o Museu do Relógio, o Paço de São Miguel – Palácio dos Condes de Basto, o Núcleo Museológico de Metrologia – Casa da Balança, e a Antiga Central Elevatória das Águas da cidade de Évora

Cromeleque dos Almendres

O Cromeleque dos Almendres

E agora, uma recomendação que nem todos conhecem. A uns 20 quilómetros de Évora, em direcção a Lisboa, tomando uma estrada com a indicação de Guadalupe e percorrendo uma estrada de terra até chegar a um lugar espectacular. É o Cromeleque dos Almendres, um alinhamento megalítico com mais mil anos do que o famoso Stonehenge.

É o monumento megalítico do seu tipo mais importante da península Ibérica, e um dos mais importantes da Europa, não apenas pelas suas dimensões, como também pelo seu estado de conservação.

Para além do interesse intrínseco deste espectacular lugar, é também um prazer visitá-lo porque não é muito conhecido e costuma haver poucas pessoas. Esta é uma visita a não perder!

Booking.com

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close