Évora e o Cromeleque dos Almendres

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

évoraO turismo rural costuma dar-nos gratas surpresas em forma de belíssimas cidades e povoações diversas imersos em plena natureza. Muito próximo de Lisboa, em pleno Alentejo, podemos encontrar uma das cidades mais belas da Europa. Refiro-me a Évora, uma cidade em pleno coração do Alentejo classificada como cidade-museu pela grande quantidade de elementos históricos que existem pelas suas ruas.

O centro da cidade é Património da Humanidade desde 1986. Uma visita a Évora é inesquecível, mas também se impõe dar uma volta pelos seus arredores, até porque existem algumas surpresas muito interessantes.

templo de diana

O Templo Romano de Diana em Évora

Quase de certeza que a maioria de nós relaciona Évora com o famoso templo da época romana, que é quase um ícone da cidade. É uma magnífica construção do século I com o nome de Templo de Diana.

Mas Évora também tem uma maravilhosa Catedral que mistura o estilo românico original (foi construída no século XII) com o gótico da reconstrução (século XV).

Em qualquer visita a Évora também não pode faltar uma visita ao Museu Regional que foi remodelado em 2009 e tem mais de 100 anos. O interior do próprio edifício é já merecedor de uma visita. A colecção iniciou-se com artigos recolhidos pelo Dr. Augusto Filipe Simões durante a década de 1870, contendo peças romanas, visigóticas e árabes antes parte do Templo Romano, Palácio D. Manuel e Praça do Giraldo.

Também merecem uma visita o Fórum Eugénio de Almeida e o jardim da Casas Pintadas, o Palácio dos Duques de Cadaval e a Igreja dos Lóios, o Convento dos Remédios, o Museu de Arte Sacra da Catedral de Évora, o Museu do Artesanato e do Design – MADE, o Museu das Carruagens, o Museu do Brinquedo, o Museu do Relógio, o Paço de São Miguel – Palácio dos Condes de Basto, o Núcleo Museológico de Metrologia – Casa da Balança, e a Antiga Central Elevatória das Águas da cidade de Évora

Cromeleque dos Almendres

O Cromeleque dos Almendres

E agora, uma recomendação que nem todos conhecem. A uns 20 quilómetros de Évora, em direcção a Lisboa, tomando uma estrada com a indicação de Guadalupe e percorrendo uma estrada de terra até chegar a um lugar espectacular. É o Cromeleque dos Almendres, um alinhamento megalítico com mais mil anos do que o famoso Stonehenge.

É o monumento megalítico do seu tipo mais importante da península Ibérica, e um dos mais importantes da Europa, não apenas pelas suas dimensões, como também pelo seu estado de conservação.

Para além do interesse intrínseco deste espectacular lugar, é também um prazer visitá-lo porque não é muito conhecido e costuma haver poucas pessoas. Esta é uma visita a não perder!

Booking.com

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...