ilha da madeira

Ilha da Madeira: Pérola do Atlântico!

ilha da madeiraNão se sabe quem terá sido o primeiro homem a avistar esta ilha perdida no Oceano Atlântico… Provavelmente um navegador da antiguidade surpreendido por alguma tempestade ou por um vento mais traiçoeiro! Também não há certezas quanto à data em que os Portugueses chegaram. Sabe-se, e isso sim é certo, que João Gonçalves Zarco e Tristão Vaz Teixeira, ao serviço do infante D. Henrique, provavelmente em 1418, desembarcaram em Porto Santo e que depois se aventuraram a descobrir aquela mancha escura que se via lá ao longe.
E encontraram uma paisagem deslumbrante, luxuriante… Montanhas a cair a pique sobre o mar, vales recolhidos entre altas serranias, densa, muito densa, vegetação, árvores e mais árvores entrelaçadas umas nas outras, algumas nunca antes vistas…
Hoje, alguns séculos passados, a ilha da Madeira está muito diferente. Continua a ser uma terra de sonho mas já não tem somente meia dúzia de povoadores; tem perto de 250.000 habitantes, conhecidos pela sua simpatia, amor à terra e um prazer enorme em bem receber a visita anual de um milhão de turistas que, de todos os cantos do Mundo, vêm à procura do clima temperado, do sol constante, do mar azul, de locais únicos e inesquecíveis.
Subir ao Monte e descer nos carros de cesto, ir a Cabo Girão sentir o infinito do mar, descobrir Curral de Freiras lá longe, como se de casinhas de bonecas se tratasse, passear entre as casas de colmo de Santana, dar um mergulho nas piscinas naturais de Porto Moniz, ir do Pico do Areeiro ao Pico Ruivo, beber uma poncha ou saborear uma espetada são alguns dos momentos inesquecíveis que podemos passar nesses locais.
Outro local único é a Floresta Laurissilva. É considerada, desde 1999, Património Natural Mundial da UNESCO e está classificada como Reserva Biogenética do Conselho da Europa.
Constituída por árvores e arbustos de folhas planas, fetos, musgos, líquenes e outras plantas de pequeno porte, muitas delas endémicas, esta floresta integra o Parque Natural da Madeira e encontra-se, sobretudo, na costa norte da ilha, no concelho de São Vicente. Na costa sul, onde mais se fez sentir a intervenção humana, a mancha de Laurissilva está circunscrita a alguns locais. A sua origem remonta ao Período Miocénio e Pliocénio da Época Terciária, há cerca de 20 milhões de anos.
Vá à Madeira e embrenhe-se na Floresta Laurissilva. Vai ficar maravilhado! A sua importância, beleza e raridade fez com que os portugueses a nomeassem, na categoria Florestas e Matas, MARAVILHA NATURAL de Portugal.
pérola do atlântico

As Levadas, um extraordinário sistema de irrigação

Quando, no século XVI, os madeirenses começaram a cultivar cana-de-açúcar, bananeiras e vinha, na zona sul da ilha, o problema da falta de água era complicado de resolver. E tanta que havia na parte norte da ilha… Como a aproveitar? Só havia uma hipótese: criar um sistema de irrigação que permitisse fazer o “transporte” da água do norte para o sul. E assim nasceram as famosas Levadas que, com os seus 1500km de canais e 50km de túneis, atravessam a ilha de uma ponta a outra.
Quem caminha pelas Levadas – seguramente a melhor forma de se conhecer o interior da ilha – não pode deixar de pensar na coragem e determinação dos homens que as construíram. Montanhas rasgadas e túneis escavados bastas vezes apenas com recurso a ferramentas quase rudimentares. Gente digna de todos os encómios!
Um conselho: não se aventure sozinho pelas Levadas. Algumas são muito, mesmo muito “complicadas”. Há na ilha da Madeira guias especializados em Levadas, que o ajudarão a tornar o seu passeio mais seguro e interessante. Bom passeio!
4

Sem comentários

Deixar um comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...