As melhores cidades para viajar em 2017

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

melhores cidades para viajar Já ouviu falar de Best in Travel? Trata-se de uma série de rankings feitos anualmente pelos especialistas da Lonely Planet, uma das maiores editoras de guias de viagem do mundo.

Hoje vamos falar de um desses rankings, o das melhores cidades para viajar em 2017. E uma dessas cidades é precisamente a nossa capital, Lisboa

Se está a planear as suas férias e escapadelas para este ano, então recomendamos que dê uma vista de olhos à lista a seguir, pois vamos falar sobre as 10 cidades escolhidas pela prestigiada editora de guias de viagem para viajar este ano. Vem connosco?

 

Bordéus, França

bordéusNa primeira posição do ranking do Lonely Planet encontramos a cidade francesa de Bordéus, a qual em meados de 2017 irá colocar em funcionamento a nova linha LGV Sud-Oest que irá permitir viajar até Paris apenas em duas horas. Também a destacar a Cité du Vin, uma nova infra-estrutura cultural que oferece uma experiência vinícola de última geração.

 

Cidade do Cabo, África do Sul

cidade do caboNo segundo lugar está a Cidade do Cabo, a segunda cidade mais populosa da África do Sul. Em Setembro será inaugurado o Zeitz Museum of Contemporary Art Africa (Zeitz MOCAA), que será o maior museu de arte contemporânea africano do mundo.

 

Los Angeles, Estados Unidos

los angelesDa África do Sul vamos até aos Estados Unidos para falar de Los Angeles. Graças à expansão do metro em 2016, as deslocações pela cidade tornaram-se mais fáceis, o que agrada a todos quantos procuram esta cidade em busca de sol e de um estilo de vida mais sustentável.

 

Mérida, México

meridaSeguimos no continente americano para falar de Mérida no México, que foi declarada Capital Americana da Cultura 2017. Assim, durante todo este ano a capital do estado do Iucatão irá ter uma grande oferta cultural, com grandes eventos durante todo o ano de 2017.

 

Ocrida, Macedónia

ocridaOutro destino que segundo a Lonely Planet vale a pena conhecer este ano é Ocrida, que se fica na zona sudoeste da República da Macedónia. Com uma localização espectacular, esta cidade surpreende pelos seus telhados em terracota, as torres das igrejas antigas, as muralhas e as torres.

É ainda importante ter em conta que a cidade passou de centro religioso para um dos centros de férias mais concorridos do país.

 

Pistoia, Itália

pistoiaNa sexta posição do ranking encontramos Pistoia, uma cidade da região italiana da Toscânia que durante o ano de 2017 irá assumir o papel de Capital Italiana da Cultura, um título bem merecido pelas suas impressionantes credenciais culturais, pelo espírito empreendedor e pelas ideias comunitárias.

 

Seul, Coreia do Sul

seulMudamos de continente para falar sobre Seul, a capital da Coreia do Sul. Em 2017 a cidade irá inaugurar a última parte do Seoul Skygarden, um ambicioso parque construído numa auto-estrada elevada que tinha sido abandonada.

 

Lisboa, Portugal

lisboaO nosso país também está em destaque porque Lisboa ocupa a oitava posição do ranking. Este ano será inaugurado o novo museu dedicado à história do judaísmo em Portugal. Mas também existem muitos outros museus que merecem uma visita, como por exemplo o Museu Calouste Gulbenkian, que alberga obras do antigo Egipto, o Centro Cultural de Belém onde está a Colecção Berardo de obras de arte, ou o novíssimo MAAT – Museu de Arte Arquitectura e Tecnologia.

 

Moscovo, Rússia

moscovoNa nona posição encontramos Moscovo que este ano será uma das sedes da Taça das Confederações (no próximo ano irá acolher o Mundial de Futebol). É também importante assinalar que o aeroporto de Domodedova foi renovado e duplicou de tamanho, e que foi inaugurado uma nova linha de metro.

 

Portland, Estados Unidos

portlandPor último, vamos falar sobre Portland nos Estados Unidos, uma cidade que se transformou numa urbe acolhedora, sustentável e ética. Com efeito, aqui a boa vida e o tempo livre são mais valorizados do que a riqueza e a ambição.

Booking.com

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...