viajar sozinho

Os melhores destinos para solteiros (e divorciados)

viajar sozinhoViajar sozinho tem mais vantagens do que seria de imaginar. Para começar, não dependemos de outras pessoas e podemos andar ao nosso ritmo e visitar o que realmente nos apetece.

Podemos escolher à vontade o destino, o hotel ou o restaurante. Até podemos dizer que temos mais tempo para fazer aquilo de que gostamos e relaxar com calma. E ainda podemos conhecer outras pessoas se formos abertos o suficiente como para estabelecer uma conversação com alguém que acabamos de conhecer.

Se está a pensar em viajar sozinho(a) e não sabe onde ir, então aqui ficam algumas sugestões de destinos. Estes destinos são excelentes para tirar partido de uma experiência que não só irá permitir-lhe conhecer outras culturas, como ainda conhecer-se a si mesmo(a) mais profundamente.

 

Praga (República Checa)

destinos para solteirosA capital da República Checa é um lugar excelente para passear nas calmas, desfrutando da beleza arquitectónica desta cidade e da “pegada” deixada pela história nas suas ruas e pontes.

Para além disso, do ponto mais alto do Castelo de Vyšehrad poderá ter umas vistas espectaculares sobre a cidade enquanto deixa a sua mente em branco e se deixa levar pelos encantos de um lugar que não só convida a longos passeios, como ainda lhe reserva um lugar no Teatro Nacional (Narodní Divadlo) para apreciar uma ópera de alto nível.

 

Munique (Alemanha)

melhores destinos para solteirosEntre canecas de cerveja numa das tabernas mais antigas, o que deve fazer se viajar sozinho para Munique é deixar-se emergir nessa mistura entre tradição e modernidade que lhe permitirá escolher o que mais lhe apetece em cada momento.

E isso por não falar dos parques e jardins da capital da Baviera que são excelentes para jogar uma partida de futebol ou simplesmente para se deitar na relva e aproveitar o sol que também aquece (e bem) durante o verão.

Não se esqueça ainda de visitar as galerias de arte, a zona hipster (Glockenbach) e a Câmara  Municipal que é simplesmente linda.

 

Glasgow (Escócia)

glasgowGlasgow está acostumada a receber a visita de menos turistas que Edimburgo, a capital da Escócia. Apesar disso, há que dizer que tem muito mais encanto e que tem bastantes opções de lazer tanto durante o dia, como durante a noite.

Isso não será de estranhar se tivermos em conta que a noite universitária nunca termina. Claro que está sempre a tempo de optar por outras actividades mais relaxantes, como por exemplo perder-se entre as páginas de um livro num dos seus cafés mais artísticos e pitorescos.

 

Nova Iorque (Estados Unidos)

nova iorqueNova Iorque é daqueles destinos recomendáveis para se viajar sozinho ou acompanhado. É uma das cidades mais visitadas do mundo e a verdade é que não é de estranhar porque aqui existe praticamente um pouco de tudo.

Apesar das pessoas andarem sempre apressadas e parecer difícil estabelecer uma conversa com alguém, a verdade é que os nova-iorquinos estão acostumados a lidar com todo o tipo de turistas. Sobretudo na zona de Central Park, onde as pulsações descem um pouco e as boas vibrações se apoderam dos pulmões da Big Apple.

 

Montreal (Canadá)

montrealMontreal é uma cidade aberta ao mundo, e isso nota-se bem no carácter dos seus habitantes que nos acolhem com muita amabilidade desde o primeiro dia.

Por isso há quem volte a casa acompanhado, ou quem decida ficar por ali para viver uma nova aventura com alguém especial e vá conhecer melhor a cidade de língua francesa mais importante da América do Norte.

Booking.com
2

Sem comentários

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...