Mértola – Uma vila com história

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

mertolaA vila de Mértola não é muito grande, tendo pouco mais de 2800 habitantes, está situada na margem direita do Rio Guadiana, o que lhe favorece uma enorme atenção por parte dos turistas que procuram boas opções para umas férias calmas e serenas. A sua localização junto à fronteira com Espanha permite receber turistas e curiosos que anseiam conhecer mais da história, cultura e aproveitar a bela e saborosa gastronomia, principalmente os pratos ligados à caça brava, que Mértola tem para oferecer.

Poderá não ser o destino ideal para quem procura diversão nocturna e praias de areia fina e grande dimensão, mas é certamente das melhores opções para quem quer uma escapada diferente, uma viagem pela história e cultura das zonas mais bonitas que o nosso país tem para oferecer.

ruinas castelo mertolaHistória de Mértola

Alguns dos seus aspectos geográficas pressupõem a ligação destas terras com a época dos Fenícios, Cartagineses, Romanos e Árabes, nomeadamente como um entreposto comercial, dada a via fluvial e a ligação ao sul da Península que facilita bastante a parte do comércio.

Inicialmente foi chamada de Mystilis, na época Romana, seguindo-se depois a ocupação das terras pelos Visigodos. Mais tarde, depois da invasão muçulmana na península ibérica, Mértola passou a ser conhecida como Mãrtulah.

mertolaFoi no séc. XIII que se deu o povoamento definitivo destas terras, sendo que este facto é facilmente comprovado pelos achados arqueológicos já encontrados que datam dessa época. A presença dos Árabes nas terras destaque-se pela fortaleza que deixaram para ser ocupada pelos cristão, assim como uma mesquita, que mais tarde acabou por ser transformada em Igreja Paroquial da sede do Concelho.

A sua história deixou grande parte de património arquitectónico, como é o caso do Campo Arqueológico de Mértola, o Castelo de Mértola e ainda o Santuário de Nossa Sonha de Aracelis, que acabam por se tornar excelentes pontos turísticos que cativam muitos curiosos.

mertolaPatrimónio Local

Felizmente a Vila de Mértola, apesar de ser relativamente pequena e pouco povoada, apresenta um património local extremamente extenso. Não só no que diz respeito aos pontos turísticos como também aos costumes tradicionais.

Esta é uma zona onde as manifestações populares e culturais são muito ricas, como é o caso da festa de S. João que se realiza a 24 de Junho, a festa dos Passos no Domingo de Ramos, as feiras mensais que se realizam na primeira quinta-feira de cada mês, entre outras feiras que se vão realizando ao longo do ano.

mertolaUm dos principais destaques culturais vai para o Festival Islâmico que se realiza normalmente em Maio, juntando várias culturas, este festival tem como principal objectivo a celebração de toda a herança histórica e a ligação islâmica muito presente. Realiza-se apenas de 2 em 2 anos, sendo que durante esses dias a vila enche-se de Cultura, Animação e Cultura. Apesar de toda a festividade durar todo o mês de Maio, as principais atracções vão para 4 dias de souk, com a presença de um improvisado mercado árabe nas ruas da vila e concertos de música exótica nas noites quentes do mês de Maio.

A nível de património arquitectónico os visitantes não podem deixar de conhecer o Castelo de Mértola (que data do Séc. X) e os seus museus no interior, a famosa e muito histórica Mina de São Domingos, com várias actividades mineiras e geológicas guiadas por profissionais, a Igreja de Nossa Senhora da Anunciação, o Parque Natural do Vale do Guadiana e as caves da produtora de vinhos “Herdade dos Grous” que fica ligeiramente afastada do centro da vila mas que vale bem a pena a visita.

É praticamente obrigatório a visita ao cenário selvagem do vale do Guadiana, com uma fauna variada e abundante, actividades lúdicas e extremamente interessantes e uma paisagem que deixará qualquer um sem respiração.

mertolaGastronomia e Alojamento

É impossível visitar a vila de Mértola e não ficar completamente rendido pela gastronomia apresentada. Além da fantástica gastronomia tradicional alentejana, a vila de Mértola é extremamente rica em pratos de caça, já que a zona é a mais rica no que diz respeito à caça brava, fazendo uso dessa ligação para a apresentação de pratos únicos e extremamente ricos.

ensopado javaliDestaque para o bolo de requeijão, o gaspacho alentejano, os nógados de Mértola, a açorda alentejana e as migas de Mértola. A caça brava apresenta um leque variado de gastronomia tradicional, principalmente com a presença de lebre, javali e especialmente perdiz vermelha brava que estão sempre presentes em qualquer menu de um restaurante da vila.

Se vai para conhecer a cidade é imperativo que fique mais do que um dia. A vila apesar de pequena apresenta várias soluções de alojamento de qualidade, principalmente no turismo rural, com principal destaque para o Monte do Alinho e o Monte da Galega Agro Turismo que têm soluções de excelência e a preços muito em conta.
Para quem procura algo mais do que o turismo rural, têm também a Residencial Beira Rio, a Casa Visconde de Bouzões e o Hotel Museu (onde ficámos muito bem instalados), todos com preços muito mais em conta e qualidade igual.

mertolaAgradecimentos e contactos:

Booking.com

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close