Museu Nacional do Azulejo em Lisboa

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Museu Nacional do AzulejoProvavelmente, uma das coisas mais características e tradicionais de Portugal serão os azulejos. Por essa razão, não será de estranhar que exista um Lisboa um museu dedicado precisamente a esta arte milenar tipicamente portuguesa, o Museu Nacional do Azulejo, até porque os azulejo são algo mais do que um simples elemento decorativo. São também uma forma de contar histórias.

A colecção deste museu abrange a produção azulejar da segunda metade do século XV até à actualidade. Além do azulejo, a colecção integra peças de cerâmica, porcelana e faiança dos séculos XIX a XX. No início da exposição permanente encontra-se um pequeno núcleo que ilustra os materiais e técnicas de manufactura do azulejo. A partir desta breve introdução, o percurso expositivo segue uma organização cronológica.

Mas a sua colecção não se centra unicamente nos azulejos portugueses, sendo também possível encontrar exemplares de outros países como a Espanha, a Holanda, a Bélgica ou a Alemanha.

Museu do AzulejoA colecção é enorme, tendo cerca de sete mil peças que se encontram distribuídas ao longo de diversas salas. A visita deve ser realizada no sentido lógico, ou seja, deve ser seguida uma cronologia temporal. Deve-se começar com os primeiros azulejos e ir avançando até ao período do século XX.

O museu fica situado no antigo Convento da Madre de Deus, fundado em 1509 pela rainha D. Leonor. Este é um edifício do estilo manuelino do século XVI. O edifício sofreu transformações devido a diversas campanhas de obras, salientando-se o claustro maneirista do século XVI. A igreja, decorada com importantes conjuntos de pinturas e revestimentos azulejares. A sacristia, com um arcaz de madeira do Brasil e emolduramentos de talha integrando pinturas. O coro alto, com rica ornamentação em talha dourada. A capela de Santo António, com decoração barroca setecentista e uma grande quantidade de telas da autoria do pintor André Gonçalves.

azulejoInformações e contactos do Museu Nacional do Azulejo

O Museu Nacional do Azulejo está aberto de Terça-feira a Domingo entre las 10h00 e as 18h00 horas (a última entrada é às 17h00).

O preço da entrada é 5 euros para os adultos, embora seja possível entrar gratuitamente nos primeiros domingos de cada mês.

 

Website oficial | Museu do Azulejo

Booking.com

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close