Museu Nacional do Azulejo em Lisboa

Detectámos que tem um Ad Blocker ativo.

As receitas provenientes da publicidade permitem-nos continuar a produzir artigos de qualidade. Considere desligar o Ad Blocker neste site. Obrigado pelo seu apoio.

Museu Nacional do AzulejoProvavelmente, uma das coisas mais características e tradicionais de Portugal serão os azulejos. Por essa razão, não será de estranhar que exista um Lisboa um museu dedicado precisamente a esta arte milenar tipicamente portuguesa, o Museu Nacional do Azulejo, até porque os azulejo são algo mais do que um simples elemento decorativo. São também uma forma de contar histórias.

A colecção deste museu abrange a produção azulejar da segunda metade do século XV até à actualidade. Além do azulejo, a colecção integra peças de cerâmica, porcelana e faiança dos séculos XIX a XX. No início da exposição permanente encontra-se um pequeno núcleo que ilustra os materiais e técnicas de manufactura do azulejo. A partir desta breve introdução, o percurso expositivo segue uma organização cronológica.

Mas a sua colecção não se centra unicamente nos azulejos portugueses, sendo também possível encontrar exemplares de outros países como a Espanha, a Holanda, a Bélgica ou a Alemanha.

Museu do AzulejoA colecção é enorme, tendo cerca de sete mil peças que se encontram distribuídas ao longo de diversas salas. A visita deve ser realizada no sentido lógico, ou seja, deve ser seguida uma cronologia temporal. Deve-se começar com os primeiros azulejos e ir avançando até ao período do século XX.

O museu fica situado no antigo Convento da Madre de Deus, fundado em 1509 pela rainha D. Leonor. Este é um edifício do estilo manuelino do século XVI. O edifício sofreu transformações devido a diversas campanhas de obras, salientando-se o claustro maneirista do século XVI. A igreja, decorada com importantes conjuntos de pinturas e revestimentos azulejares. A sacristia, com um arcaz de madeira do Brasil e emolduramentos de talha integrando pinturas. O coro alto, com rica ornamentação em talha dourada. A capela de Santo António, com decoração barroca setecentista e uma grande quantidade de telas da autoria do pintor André Gonçalves.

azulejoInformações e contactos do Museu Nacional do Azulejo

O Museu Nacional do Azulejo está aberto de Terça-feira a Domingo entre las 10h00 e as 18h00 horas (a última entrada é às 17h00).

O preço da entrada é 5 euros para os adultos, embora seja possível entrar gratuitamente nos primeiros domingos de cada mês.

 

Website oficial | Museu do Azulejo

Booking.com

Deixe o seu comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...