Norte

Norte, Região de Encanto Ímpar de Portugal

NorteCheios de perícia, audácia, franqueza e hospitalidade as pessoas com sangue nortenho estão sempre de braços abertos para receberem novos turistas pois têm um orgulho enorme, muito característico, pelo que é seu, sensação essa de peito cheio que é completamente plausível perante o vasto leque de escolhas para um dia bem passado.
A região norte de Portugal é rica em recursos naturais e culturais, fruto de um passado intenso e turbulento, passando pela reconquista Cristã ao Cerco do Porto.
Toda uma herança cultural, de história e de fervor religioso que se espelha em magníficos solares e mansões com brasões, escadarias monumentais, palácios, conventos, pelourinhos, igrejas,  castelos, vestígios romanos, pontes de diversas idades históricas, catedrais, mosteiros, casas senhoriais, variada arte sacra, fortalezas, torres medievais, bairros típicos, admiráveis painéis de azulejos de imensos museus (museu da cerâmica, museus arqueológicos, museu do Tesouro, museu de Dom Diogo, Museu dos caminhos de Ferro, entre muitos outros).
A natureza rebelde permite ainda um passeio por paisagens excepcionais de praias, montanhas verdejantes e rochosas, vales profundos de natureza cerrada, áreas protegidas, parques naturais, as agradáveis margens do rio Minho, Lima, Cávado, Ave e Douro. Pode-se ainda observar várias espécies de animais tais como o lobo ibérico, a cegonha negra, o abutre do Egipto e a águia real.
Aqui se encontra a cidade berço da nossa nação, Guimarães  e até mesmo a considerada segunda capital de Portugal, o Porto.
Como já referi, as pessoas do Norte gostam de agradar e talvez por isso se esmerem no que toca aos prazeres da boca. Sabem preparar as melhores iguarias e combinar os melhores ingredientes. Possuem dos mais majestosos pratos típicos, tudo com um toque especial pelas mãos de quem sabe e tem gosto no que faz. Caldo verde, tripas, rojões, francesinhas, lampreia, bacalhau tudo isto regado com bons vinhos. Para finalizar, porque não alguns doces conventuais como os papos de anjo , os “São Gonçalo” , os “sonhos” ou até mesmo um pouco de pão de ló?
Constituído por regiões, cidades e aldeias de encanto ímpar, o mais difícil será escolher o que explorar primeiro.
1

Sem comentários

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...