torre de belem

Torres medievais em Portugal: Torre de Belem

torre de belemA Torre de Belem foi construída em 1514 sob a supervisão do arquitecto Francisco de Arruda durante o reinado de D. Manuel I. Fez parte das defesas da capital portuguesa idealizadas pelo Rei D. João II.

Em 1520, a sua construção ficou completa, tendo desde então mantido como uma dos mais belos exemplos em todo o mundo de arquitectura militar. As suas formas belas e harmoniosas entrecortam-se contra as cores do céu e das águas do rio Tejo.

No entanto, foi visto de forma diferente pelas pessoas que o construíram Nessa época a Torre de Belém era uma fortaleza formidável e temível à entrada para a foz do Tejo, defendendo a capital contra a investida de possíveis inimigos.

A Torre de Belém foi construída numa ilha de basalto localizada na margem direita do Tejo, em Lisboa, ao lado da praia do Restelo e era uma parte essencial do sistema defensivo da foz do rio Tejo. Em conjunto com a fortaleza de São Sebastião da Caparica permitia defender Lisboa de qualquer tentativa de invasão por mar.

É composta por uma torre quadrangular que lembra a guarda dos castelos medievais e um baluarte poligonal. Os postos de vigilância em cada esquina do baluarte estão coroados por cúpulas, o que denota a influência do estilo utilizado nas fortificações marroquinas.

À parte destes traços orientais, a decoração predominante na Torre de Belém é do estilo manuelino, como de pode ver pela corda de pedra que a circunda, os motivos heráldicos e até mesmo o famoso rinoceronte, a primeira representação esculpida em pedra deste animal na Europa.

Parte da sua beleza reside na decoração exterior, adornada com cordas e nós esculpidas em pedra, galerias abertas, torres de vigia no estilo mourisco e ameias em forma de escudos decoradas com esferas armilares, a cruz da Ordem de Cristo e elementos naturalistas, como um rinoceronte, alusivos às navegações. O interior gótico, por baixo do terraço, que serviu como armaria e prisão, é muito austero.

A sua estrutura compõe-se de dois elementos principais: a torre e o baluarte. Nos ângulos do terraço da torre e do baluarte, sobressaem guaritas cilíndricas coroadas por cúpulas de gomos, ricamente decorada em cantaria de pedra.

A torre quadrangular, de tradição medieval, eleva-se em cinco pavimentos acima do baluarte, a saber:

Primeiro pavimento – Sala do Governador.

Segundo pavimento – Sala dos Reis, com tecto elíptico e fogão ornamentado com meias-esferas.

Terceiro pavimento – Sala de Audiências

Quarto pavimento – Capela

Quinto pavimento – Terraço da torre

A nave do baluarte poligonal, ventilada por um claustrim, abre 16 canhoneiras para tiro rasante de artilharia. O terrapleno, guarnecido por ameias, constitui uma segunda linha de fogo, nele se localizando o santuário de Nossa Senhora do Bom Sucesso com o Menino, também conhecida como a Virgem do Restelo por “Virgem das Uvas”.

Booking.com

Sem comentários

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...