trás-os-montes

Trás-os-Montes e a bela Bragança

trás-os-montesA região de Trás-os-Montes é um autêntico paraíso para lá do Douro plantado. Localizada no extremo nordeste de Portugal, esta região apresenta paisagens de rara beleza natural e rural, revelando uma terra rica não só em vinhas mas também em cereais, legumes e frutos que moldam a natureza com cores alternadas ao longo das estações, ora cobrindo-se do verde das vinhas e das oliveiras que produzem os melhores frutos para enriquecer uma gastronomia típica premiada com o título de Património da Humanidade, do branco ou rosa das amendoeiras ou das cerejeiras em flor e dos cobreados no outono.

Serras, rios, florestas…

tras os montesNesta terra os limites entre Portugal e Espanha (entre Trás-os-Montes e Zamora) estão de certa forma esbatidos. Por exemplo, os habitantes de Bragança têm mais relações com os espanhóis da região da Sanábria do que propriamente com Lisboa. Igualmente, as povoações que rodeiam o Parque Natural do Lago de Sanábria têm também mais a ver com Bragança do que com Burgos.

Com uma extensão de 75.000 hectares, o Parque Natural de Montesinho engloba as serras do Montesinho e da Coroa. Diversos rios atravessam as suas terras, como o Sabor ou o Baceiro, e sucedem-se as charnecas e as florestas de carvalhos.

Também poderá aqui encontrar uma fauna incrível. Para além de uma das populações de lobos mais importante de toda a Europa, também aqui convivem corços, veados e javalis. Os seus céus são cruzados por aves como a águia-real e o grifo.

Bragança, O tesouro da região

bragançaÉ a cidade que mais se destaca nesta região, e seguramente a mais bela. Situada no alto de uma colina e com uma fortaleza a dominar o horizonte, Bragança, que foi elevada a cidade em 1464, foi um enclave muito importante, devido à sua posição estratégica. Aqui existiu um grande núcleo populacional de origem judia, o qual contribuiu bastante para o seu desenvolvimento comercial. Com efeito, foi precisamente quando foram expulsos os judeus e os mouros, que a cidade entrou em decadência.

Se visitar Bragança, recomenda-se uma visita ao Castelo. De entre as suas 15 torres, destaca-se a Torre da Princesa, com um miradouro a partir do qual podemos ter umas vistas fantásticas. Também é de referir, dentro das muralhas, a igreja de Santa Maria, o Pelourinho, a praça de armas e um conjunto de ruelas que merece a pena dedicar perder algum tempo a explorar. A catedral de Bragança, com o seu belo portal renascentista, e o Domus Municipalis também são monumentos incontornáveis em qualquer visita.

Booking.com

Sem comentários

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...