turismo funerário

O turismo funerário está cada vez mais na moda

turismo funerárioTal como existe a arte funerária, também existe o turismo funerário, necrológico ou necroturismo.

Os cemitérios já não são apenas espaços de descanso ou lugar onde vamos visitar os nossos entes queridos entretanto já falecidos, mas também um lugar de passagem para os turistas que visitam a cidade.

Em certos casos, os cemitérios, túmulos e elementos decorativos já se tornaram mesmo num lugar de passagem obrigatória para quem vai passar uns dias nesta ou naquela localidade.

necroturismoHá vários séculos atrás que as personalidades mais importantes ganhavam a “imortalidade” através da construção de grandes e belas sepulturas. Terão sido os egípcios que iniciaram esse costume que se manteria durante séculos entre todos aqueles que tinham dinheiro ou poder suficientes para o fazer. A verdade é que os seus esforços deram frutos e há muita gente que visita determinados cemitérios para conhecer o túmulo de determinadas pessoas.

Em certos casos, o interesse dos turistas é suscitado devido à pessoa que ali está sepultada. É o caso dos túmulos de Michael Jackson ou de Bruce Lee, que são dos mais visitados em todo o mundo, embora o primeiro lugar seja ocupado pelo de Lady Di.

turismo necrológicoNo entanto, existem muitos outros túmulos, na sua maior parte anónimos, que são verdadeiras maravilhas da arquitetura. Por outro lado, os cemitérios anglo-saxónicos costumam surpreender os portugueses, talvez porque as lápides estão no chão e não são construídas na vertical, tal como é habitual no nosso país.

turismo

Turismo funerário em cemitérios europeus

Os cemitérios de estilo europeu, como os de Paris ou Praga, chamam a atenção pela beleza de algumas das sepulturas ali existentes. Por essa razão, são organizadas visitas guiadas, algumas durante a noite, para mostrar a arte e beleza dos túmulos e sepulturas.

Em Portugal há cada vez mais turistas interessados em ver e conhecer as obras de arte e histórias dos cemitérios portugueses. É precisamente para responder a essa procura, que no Porto são organizadas visitas guiadas ao longo do ano, havendo até espaço para música ao vivo, segundo uma reportagem da RTP.

É ainda na Cidade Invicta, no cemitério do Prado do Repouso, que fica o único espaço português que faz parte da Rota Europeia de Cemitérios, reconhecida pelo Conselho da Europa a 10 de junho de 2010.

O cemitério do Prado do Repouso e o cemitério de Agramonte fazem parte da associação dos Cemitérios Significativos da Europa.

A Câmara de Lisboa tem também roteiros próprios e promove a realização de palestras, colóquios, concertos de música sacra e erudita no cemitério dos Prazeres e Alto de São João.

Booking.com

Sem comentários

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...