Marraquexe

Visitar Marraquexe

Bem-vindo à Cidade Vermelha.
Distinta pelas suas cores e aromas, a cidade de Marraquexe é um convite a conhecer uma cultura inteiramente desigual.
Considerada a segunda maior cidade de Marrocos, Marraquexe é uma cativante colectânea de verdadeiros encantos e aprazíveis histórias.
Uma cidade, um palco e milhares de personagens.
Marraquexe

Estranhamente Confusa

Frenética e contagiante, a cidade de Marraquexe possui um dos tráfegos mais fascinantes e perigosos, do Mundo. É impossível ficar indiferente à forma como o trânsito flui dentro da cidade. O cuidado deve ser redobrado quando se passeia pelas ruas da cidade. Uma distracção poderá causar um acidente.
Contudo, chega a ser agradável deslumbrar a forma como os locais conduzem e interagem uns com os outros.
Um acidente entre duas viaturas pode terminar com um abraço e um beijo, entre locais.

Gastronomia Marroquina

Se por um lado, a cidade de Marraquexe poderá surtir uma delicada estranheza, por outro, a gastronomia marroquina conquista qualquer um, que não receia experimentar novos sabores.
Uma gastronomia caracterizada por carnes incrivelmente condimentadas, especiarias perfumadas e um harmonioso encontro entre legumes e frutos secos.
É imperdível saborear a Tajine, um cozido de carnes com legumes e tomate, cozinhado e servido num recipiente de barro com o mesmo nome.
A Pastilla Marroquina é considerada um dos pratos mais tradicionais e procurados da cozinha marroquina. Consiste num folhado feito de uma massa muito fina com um recheio agridoce que pode variar, consoante o gosto.
O couscous é um ingrediente assíduo na cozinha tradicional marroquina.
A pastelaria marroquina é bastante variada e esta é caracterizada à base de amêndoa e outros frutos secos.
Uma refeição tipicamente marroquina só poderá terminar com um chá de menta, como digestivo. Regra geral, é ingerido em grandes quantidades, pelos locais.

Ex-Líbris

Considerada, o coração da cidade de Marraquexe, a Praça Djema El Fna é sem quaisquer dúvidas, o ex-líbris da cidade. Intensa e inigualável, esta praça é o convite a conhecer uma cultura única e arrebatadora.
Um verdadeiro palco de espectáculo, onde é possível contracenar com encantadores de serpentes, músicos, acrobatas, contadores de histórias e até mesmo, com macacos amestrados.
A animação é garantida e o deslumbramento é imediatamente sentido. Contudo o pôr-do-sol é o momento mágico, que encanta qualquer visitante. É também a partir deste momento, que a praça renasce, ficando repleta de pequenas bancas e restaurantes ambulantes onde é possível degustar os verdadeiros sabores da terra.

Souks – Encantamento vs Paciência

Uma visita obrigatória e que cria uma sensação de encantamento enquanto a paciência é testada ao limite, pelos locais.
O povo marroquino pode ser bastante persistente e a arte de regatear, é sem dúvida uma mais-valia, para o visitante. A linha entre a calma e a histeria é bastante ténue. As ruas e ruelas encantadas, repletas de inúmeros ofícios não deixam qualquer um indiferente.

Jardins de Majorelle

A agitação dá lugar à bonança.
A natureza é a grande protagonista deste palco, idealizado e criado por Jaques Majorelle, um célebre pintor francês. Carinhosamente bem tratados, os Jardins de Majorelle albergam uma variedade de flores e cores, que oferecem ao visitante um momento relaxante e inesquecível. É também neste local, que está edificado o Museu de Arte Islâmica.

Riad – Vivência Marroquina

Rústico e charmoso, o Riad é a tradicional casa marroquina. Geralmente pequeno, o riad tem uma particularidade que agrada o visitante, um pátio localizado no coração da casa. Todas as divisões irão dar ao pátio.

Mesquita de Koutoubia

Embora não seja possível visitar, a Mesquita de Koutoubia está localizada a poucos metros da Praça Djema El Fna e é um local agradável para passear e observar o quotidiano dos marroquinos.

Outros pontos de interesse:

  • Palácio Bahia;
  • Portas e Muralhas da Cidade;
  • Museu de Marraquexe.

Vocabulário árabe:

Olá: As-salaam ‘alaykum
Seja bem-vindo: La shukran ‘ala wajib
Como está?: La bas?
Bem, obrigada: Barak Allah feek
Obrigada/o: Shukran gazilan
Adeus: Ma’as-salaama
6

Sem comentários

Deixar um comentário

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...