taiti

Alguns dos segredos mais bem guardados do Taiti

Existem lugares em todo o mundo que ainda conservam grande parte da pureza pelo pouco contacto com os homens. Hoje vamos rumo às 118 ilhas do Pacífico Sul, para descobrir alguns dos segredos melhor guardados do Taiti.

Estas cinco propostas revelam alguns dos seus segredos melhor guardados.

O por do sol em Le Belvédère

Do restaurante Le Belvédere contemplaremos umas vistas inigualáveis do sol a submergir nas aguas do Oceano Pacífico. Localizado na ilha capital do Taiti a 600 metros de altura, aos pés do Monte Aorai e a contemplar Papeete, o recife e a laguna, o oceano e, no horizonte, a ilha de Moorea…

Um passeio pelos jardins de coral em Tahaa

Pegue no seu equipamento de snorkeling e dirija-se às água cristalinas da ilha conhecida como “a ilha da baunilha”. Impressionantes jardins de coral abrem-se debaixo do nosso olhar sob as águas. Estou seguro que muitos não quererão sair da agua e passarão as horas rodeados de miríades de peixes tropicais de cores e a caprichosa vegetação submarina.

Não perca as rosas de coral do “jardim japonês” ou a surpreendente “Gruta dos polvos”.

Tratamento corporal a base das lendárias pérolas negras e fragrância de baunilha

O Kahaia spa do hotel Four Seasons Resort Bora Bora oferece um tratamento exclusivo onde as tradições ancestrais fundem-se com as disciplinas e práticas terapêuticas ocidentais para equilibrar o nosso corpo e o deixar como novo. Utilizam o esfoliante natural “Kahaia body scrub” misturado com pó das lendárias pérolas negras tahitianas e essências de baunilha nativa.

Após preparar a pele, receberá uma massagem corporal e outra facial holística e anti-stress rica em algas orgânicas, tudo com umas magnificas vistas para o monte Otemanu, vales floridos e a bela laguna.

As misteriosas Ilhas Marquesas

Situado a 1.400km a noroeste do Taiti encontra-se o arquipélago mais setentrional desta região e que apenas procurado pelos viajantes mais aventureiros. A sua agreste e sensual natureza e a sua origem vulcânica com paisagens abruptas, cativou Paul Gauguin, o qual pintou com cores vivas quadros inspirados nestas paragens e que já são parte da historia da arte.

Descobrir os atóis de Tuamotu num catamarã de luxo

Tuamotu tem 76 ilhas e atóis de coral que surgem como um labirinto ao largo de um arco de 1.500 km. O que torna esta proposta mais inacessível será mais a questão económica, no entanto muitas das pessoas que demandam estas latitudes não têm normalmente esse género de problema.

Imagem | clesenne

Booking.com

Sem comentários

Deixar um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

SUBSCREVER GRÁTIS

Subscreva a nossa lista de email e receba novos artigos e actualizações comodamente na sua caixa de email.

Obrigado por nos subscrever.

Algo correu mal...